quinta-feira, 8 de outubro de 2009




Quem tirar a camisa pode ficar na área central, afirmavam os fiscais
Numa demonstração da vulnerabilidade pública e da falta de comando da administração municipal, fiscais continuam abusando do poder e esbofeteando os princípios do marketing. A penúltima contraria uma prática comum às campanhas político-eleitorais do prefeito: durante todo o dia de ontem, quarta-feira, servidores da prefeitura obrigavam vendedores ambulantes a se desvestirem de uma camisa com o nome do chefe, na qual estava escrito: Tadeu Leite, somos trabalhadores, não somos marginais.

A verdade é que, solidários com o vendedor ambulante Wesley Souza Melo, 17 anos, que teve um revólver apontado na cabeça na tarde da última quinta-feira, 02, diversos trabalhadores vestiram a camisa, mas foram informados pelos fiscais de que poderiam ficar na área central, desde que nus da cintura para cima...

Caso não respeitassem a ordem, seus carrinhos de fruta seriam levados para não se sabe onde. Só os ambulantes que respeitassem o pedido poderiam ficar. Então, raciocinaram os vendedores (alguns, nem todos): melhor tirar a camisa de Tadeu... (leia mais em: www.onorte.net)
Novamente um mês sem postar nada

O mês de setembro foi uma correria e tanto. Muitos trabalhos na faculdade inviabilizaram postar alguma coisa pra não ficar na inércia. Inércia que aos poucos vamos tentando fazer com que essa entre em movimento.
Estamos vivendo um momento próspero no esporte, onde além do fanático futebol; paixão de uma grande parte de brasileiros, estamos vivendo um sonho com o voley.
Como todo sonho, pode um dia acabar, isso porque, a atual administração pode não ser reeleita e todos os sonhos e projetos irem por água a baixo, acredito que tudo acontece com interesse político.
Enquanto isso acompanhamos a triste novela de quem precisa e depende da saúde pública na cidade. Como diz uma blogueira: saúde não dá ibope, nem votos: Voltamos à política retrógrada do pão e circo para o povo.
Vamos ver onde tudo vai chegar...

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

VITÓRIA DO FORMIGÃO


Romulo comemora o gol, porém, a bola foi desviada pelo zagueiro do Valério. Melhor em jogador campo.


Pouco mais de 500 pessoas (público presente) e com um sol de mais de 30º graus, acompanharam a vitória do Funorte sobe o Valério de Itabira na tarde de domingo.


Em um jogo morno, sem criações, com esporádicas arrancadas pela direita e esquerda, quando Rômulo, melhor jogador em campo, tinha a posse de bola dominada, surgiu o único gol.


Aos nove minutos do primeiro tempo, durante uma troca de passes pela esquerda ele chutou cruzado e a bola desviou no zagueirão itabirense e foi parar no fundo da rede do goleiro do Valério.


A impressão que se tinha era que, com um gol antes dos dez minutos, o FEC iria golear a equipe do Valério. Mas com um sol castigante, a temperatura so serviu para deixar o jogo morno, sem criações e sem jogadas de arrancadas por Ditinho e Picatchu que entrou no início do segundo tempo.


Mas o mais importante foi os três pontos, que poderá ser um incentivo para a torcida comparecer em grande número na próxima partida.


Agora o Formigão fará duas partidas seguidas contra o Vila Nova de Nova Lima. A primeira pela última rodada do primeiro turno no dia 12 de setembro. A segunda contra o Vila pelo returno da taça MG.


Acredito no Formigão. Um empate e uma vitória deixa a equipe com grandes chances de classificação. São as duas partidas primordiais do Fec.


CAVALO PARAGUAIO CONTINUA CAINDO

Como havia dito, eu acreditava na vitória do cavalo paraguaio mineiro, contudo, não foi isso que aconteceu. O empate para o Galinho ficou de bom de tamanho....

E mais uma vez, o time está mostrando para sua torcida onde realmente deveria estar: na zona intermediária da tabela.

E a tendência é cair ainda mais umas duas posições nas próximas três rodadas.. normal!

Já o cruzeiro, poderia ter vindo para Minas com três pontos tranquilamente... o empate na Bahia foi um péssimo resultado, uma vez que, diferentemente do Atlético, a equipe azul celeste poderia ter vencido.

Aos poucos tudo está voltando ao normal...

"Se o seu coração é absoluto e sincero, você naturalmente se sente satisfeito e confiante, não tem nenhuma razão para sentir medo dos outros." Dalai Lama

domingo, 30 de agosto de 2009

CALOURADA

CALOURADA DESORGANIZADA

Como já é de conhecimento de todos, a maior cidade do Norte de Minas, é palco diariamente de diversas festas. Tudo é motivo para uma diversão. O pólo universitário intitulado para a cidade proporciona isso. São muitas pessoas de diferentes classes sociais, idade e sexo, mas o que se encontra são homens e mulheres com faixa etária de 16 a 23 anos, ou um pouco mais, mas de 25 não passa.

Ontem, sábado, 29, esse blogueiro completou dois anos do seu regresso à cidade. Foram dez anos na maior cidade da América, e ainda passo por muitas readaptações e tenho que me acostumar com mudanças que a cidade sofrera na última década.

Nesse mesmo sábado, 29, aconteceu uma calourada de veteranos e calouros do curso de medicina da Unimontes na quadra do Sesc localizada na Rua Santa Maria, área central da cidade.

Esse blogueiro foi conferir como é uma calourada e compareceu com um amigo muito conhecido por diversos acadêmicos, devido possuir uma loja de xérox e reproduções nos arredores da Unimontes.

A festa inicialmente marcada para começar às 15hs, foi adiada para 17hs. Com propagandas de que venderiam três latinhas de cerveja por R$ 5, já comecei a usar o velo ditado “quando a esmola é muita o santo desconfia”.

Primeiramente o portão só foi aberto depois das 18hs. Desorganização para entrar, uma fila foi formada chegando a atingir o início da Rua Santa Maria.

Carros estacionados nos dois lados da rua, provocaram ira em diversos motoristas que não conseguiam passar.

Bagunça pra lá bagunça pra cá, o blogueiro comprovou que realmente havia as 3 por R$5. As primeiras cervejas vendidas estavam geladas, porém, as outras.

Há informações de que os organizadores queriam concorrer com uma festa que estava sendo realizada na cidade de Mirabela e retardaram a abertura do portão.

Outras informações davam conta de que os mesmos organizadores colocaram sal no gelo com o intuito de gelarem as cervejas com mais rapidez, mas o que se viu foram pessoas tomando nas latinhas com um gosto de sal na boca.

Momentos depois, tive que ir embora. Compromissos marcados no início da semana, calculando que a referida festa começaria às 15hs, resultou que eu ficasse somente uma hora no recinto. O que era para ser uma tarde de diversão com o amigo que eu não via há dias, resultou na perca da tarde que, devido a estudos e trabalhos do blogueiro diariamente, uma tarde de sábado é imprescindível para reencontrar amigos e colocara os assuntos em dia. Contudo, isso não aconteceu.... com um pouquinho de frustração, a vida continua.........................

"Há quatro espécies de amigos que o são sinceramente: o que ajuda, o que permanece igual na prosperidade e no infortúnio, o que dá um bom conselho e o que tem uma simpatia real por nós." Digha-Nikaya

sábado, 29 de agosto de 2009

FUTEBOL ll

TAÇA MINAS GERAIS

O Funorte Esporte Clube joga neste domingo contra o Valério às 15h pela 3ª rodada da taça MG.

Vamos torcedor! Vamos lotar o La bambonera do Pequi e ajudar o Formigão a ganhar esses três pontos que vai ser primordial para planos futuros.

Na estreia em casa, o time empatou com o América mineiro e perdeu a segunda partida jogando contra o Tupi na cidade em que a população se diz ser Carioca.

Vamos torcedor montes-clarense! Essas equipes, com exceção do Formigão, além de Cruzeiro e Atlético que não disputam, todas elas disputam a elite do Campeonato Mineiro. É o grande sonho de todos os torcedores disputarem à primeira divisão.

Vamos Formigão. Vamos buscar a primeira vitória nos nossos domínios.

"Nenhum trabalho de qualidade pode ser feito sem concentração e auto-sacrifício, esforço e dúvida." (Max Beerbohm)

BRASILEIRÃO/09

Teremos neste fim de semana, mais uma rodada do brasileirão; a 22ª no segundo turno.
Agora sim posso dizer que o campeonato começa a pegar fogo. Isso porque, qualquer conhecedor do futebol já previa que havia um estranho no ninho ocupando as primeiras colocações.
O cavalo paraguaio mineiro pega o Sport no mineirão. Depois de alguns dias sem vencer; a última vitória foi no dia 02 de agosto; quando o galinho venceu o Coritiba por 2 a no mineirão, o time alvinegro possivelmente bate o time nordestino.
Nas últimas quatro rodadas, foram duas derrotas e dois empates, somando somente dois pontos em 12 disputados.

O Cruzeiro vai a Salvador pegar e Vitória e pode voltar com três pontos na bagagem. Isso por que, a equipe celeste vem jogando melhor fora que diante da imensa nação azul celeste.
Posteriormente a derrota para o Atlético PR por 2 0 no mineirão no dia 05 de agosto, a equipe celeste comemorou uma grande ascenção no brasileirão.
Nas últimas quatro rodadas, foram três vitórias e um empate. Dos 12 pontos disputados, a raposa conseguiu 10. Um ótimo aproveitamento, e já encosta nos adversários que brigam por uma vaga na maior competição sul americana.
Os jogadores nem a torcida não podem reclamar do leite derramado, mas se a equipe tivesse vencido o Atlético PR no início do mês, hoje estaria brigando pela 5ª colocação na tabela de classificação.
Mas voltando as comparações das equipes mineiras, embora acredito qe o galinho vença, porém, estarei em um doce refúgio torcendo para que isso não aconteça e a equipe celeste bata o Vitória na terrinha dos soterapolitanos, encostando no rival.

Espero não queimar a língua...

Bom fim de semana a todos os blogueiros e blogueiras de plantão.
E lembrem-se: se for dirigir na beba, e so for beber................................. me chamem...

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." (Clarice Lispector)


Olá Blogueiros,

Voltei. Agora sim, depois de algum tempo impossibilitado de fazer minhas matérias, voltei com novo pique, um novo gás.

Estarei postando um pouco de tudo e de tudo um pouco. Futebol, economia, política, segurança pública, além, de opiniões próprias deste blogueiro.

SEGURANÇA PÚBLICA

JOVEM CONDENADO A 26 ANOS DE PRISÃO É RECAPTURADO PELA PM
Benefício momentâneo concedido pela justiça local não foi cumprida pelo detento e ele foi preso pela PM

Rubens Santana


Com uma pequena liberdade concedida pela justiça local, Ranildo Pereira Brasil, 23 anos, o Veinho, foi beneficiado com a famosa saidinha da cadeia pública de Motes Claros, porém, não retornou no prazo devido.


Uma equipe do Gipv – Grupo integrado de proteção à vida – comandada pelo cabo Amorim, investigava e monitorava a alguns dias diversos traficantes no Bairro Cidade Industrial, região norte da cidade.


De acordo com Amorim, eles encontraram três pessoas por volta das 18h em um bar localizado na Rua Quarenta naquele bairro com atitudes suspeitas. Ao abordarem os três suspeitos e durante consulta no sistema Copom, os militares constataram que Ranildo Pereira estava sendo procurado pela Justiça.

- Ele foi contemplado com um saidão e resolveu não mais voltar pra cadeia – diz.


O comandante do Gipv informou ainda que Ranildo Pereira havia sido julgado por ter matado uma pessoa possivelmente no ano de 2006 e que ele é um dos matadores do tráfico liderados pelo traficante Marlboro.

- O que chama a atenção, é que o chefão está a mais de mil quilômetros daqui, porém, grandes soldados dele continuam na luta de imortalizar o nome de Marlboro – diz.


Ainda de acordo com Amorim, no momento da abordagem, duas pessoas foram presas por desacato a autoridade incentivando moradores a jogarem pedras na viatura da polícia militar. Foram presos: Edy Carlos Santos Souza, 25 anos, morador daquele bairro e Tiago Alves da Silva, 19, o Tiaguinho, morador do Bairro Morrinhos.


Informações dos militares dão conta que Ranildo estava morando junto com uma adolescente que possivelmente estaria grávida do presidiário.


Como Marlboro se encontra preso em uma penitenciária de segurança máxima no Estado do Paraná, Amorim chama a atenção para a cumplicidade entre os Bairros Cidade Industrial e Morrinhos que pertencem à mesma facção.

- Um dos supostos gerentes de Marlboro é morador dos Morrinhos e estava aqui neste bairro. O outro é morador daqui do Cidade Industrial. Possivelmente eles estavam planejando algo e nós conseguimos retirar de circulação três pessoas que poderiam deixar o próximo fim de semana sangrento – afirma observando ainda que o nome de Marlboro fica difundido para população devido as diversas prisões feitas pela PM dos seus súditos.


Durante consulta ao banco de dados do TJMG – Tribunal de justiça de Minas Gerais foi constatado que Tiago e Ranildo têm diversos processos em seus nomes, entre eles, vários por porte ilegal de armas. Eles foram presos e levados para delegacia de polícia.


sábado, 25 de julho de 2009

Em breve novas notícias...

Muitas vezes somos "obrigados" a escrever sobre determinado assunto. Estou há alguns dias "engavetado", mas logo logo estarei postando novas notícias sobre todos os assuntos.
Aguardem que estou voltando...
Rubens Santana

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Final de semana sangento

Quatro assassinatos em Montes Claros
Matadores voltam a atacar e elevam para 41 o número de homicídios no ano

Corpo do homem de aproximadamente 26 anos ainda não foi identificado

RUBENS SANTANA

Ao menos cinco pessoas foram baleadas resultando em quatro mortes durante o fim de semana em Montes Claros. O primeiro assassinato aconteceu na madrugada de sábado, 4, na região das Acácias, próximo ao bairro Independência.

Informações preliminares davam conta que uma testemunha escutou alguns disparos no final de uma rua, próximo ao córrego das Melancias. A PM foi ao local e constatou a morte de um homem de aproximadamente 26 anos que até o fechamento desta edição não havia sido identificado.
O perito João Maurício Dias, compareceu ao local e constatou duas perfurações no rosto, sendo uma no olho direito e o outro tiro próximo da orelha.

Há informações de que o local em que foi encontrado o corpo é um local escuro, deserto e próximo a um matagal. Os militares que registraram a ocorrência informaram que possivelmente, os bandidos pegaram o homem em algum bairro e levaram até o local para praticar o crime. Isso porque, de acordo com eles, o homem estava com um boné dentro da calça, típico de quem anda de moto e tira o boné para utilizar o capacete.

Os policiais informaram ainda que, no local não foi encontrada nenhuma cápsula de revólver, porém, um orifício no chão foi encontrado próximo à cabeça do homem. Segundo João Mauricio, possivelmente de um disparo no momento que a vítima já se encontrava caída atingindo o terreno. O perito fez os trabalhos de costume e liberou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML).

“Waguinho” morto na porta de casa

O segundo assassinato foi registrado pela Polícia Militar por volta das 22hs de sábado, 4, na rua Bela Vista, bairro Nossa Senhora das Graças.

De acordo com informações das testemunhas, Thiago Santos de Oliveira e Gilliard Pereira dos Santos, eles estavam na companhia da vítima Wagner Pereira dos Santos, de 19 anos, na porta de sua residência. Dois desconhecidos com capacetes, chegaram em uma moto vermelha, o condutor alto e forte, o passageiro baixo armado com um revólver, desceu do veículo e após empurrar as duas testemunhas com arma em punho iniciou uma série de disparos contra a vítima. Ele correu para dentro da sua casa, contudo, foi seguido pelo atirador até dentro do quintal da casa. Ainda no quintal ele atirou diversas vezes contra “Waguinho”.

Uma equipe de enfermeiros do Serviço de Atendimento de Móvel de Urgência (Samu) compareceu ao local e socorreu a vítima até um hospital da cidade. Porém, ao dar entrada no hospital ele morreu.

Foi constatado no corpo de Wagner três perfurações nas costas, uma abaixo do queixo, uma no punho esquerdo, uma no punho direito, uma no abdômen, uma no antebraço, uma no tórax e uma na cabeça. Os matadores fugiram. No local do crime foi recolhido pelo perito um projétil intacto, sendo encontrado pela equipe na roupa da vítima outro projétil.
Houve rastreamento, porém até o momento sem êxito.

Fuzilado no Doutor João Alves

com mais de sete tiros



Segundo informações da PM, Lindomar tinha envolvimento com o tráfico de drogas na cidade

O terceiro homicídio foi registrado por volta das 1hs30 da madrugada de ontem na avenida Leonel Beirão de Jesus, bairro Doutor João Alves em Montes Claros. Lindomar Alves da Silva, conhecido por “Negão” foi fuzilado com sete tiros. Ele tinha uma passagem pelos meios policiais.

O perito Edilberto Colares esteve no local e constatou duas perfurações na cabeça, uma no nariz, uma no peito, uma nas costas, uma no braço direito, e uma na cintura. Próximo ao corpo de Lindomar, foram encontradas seis cápsulas calibre 38.

Segundo informações de testemunhas no local, Lindomar estava a pé quando foi surpreendido por dois homens, um deles armado com um revólver, atirou várias vezes nele. Há informações que o atirador não satisfeito recarregou o revólver e atirou outras vezes. Eles fugiram a pé em direção à linha férrea. As testemunhas não informaram com que roupa os bandidos estavam vestidos.

Informações preliminares dos amigos de Lindomar dão conta que, ele estava na companhia de diversos amigos no parque de exposições. Em determinado momento, ele se perdeu dos companheiros e ficou sozinho. Resolveu ir embora a pé. Ele morava no bairro Santo Inácio.
Como em diversos assassinatos na cidade, esse também tem envolvimento com drogas. Há informações que “Negão” além de ser usuário de drogas, também era um traficante e andava na companhia de um outro traficante do bairro Itatiaia, conhecido por “Demi”.
Após os trabalhos de costume, o perito Edilberto Colares liberou o corpo para o serviço funeral.

Bandidos são barrados em festa no
Monte Alegre e atiram

O que era pra ser um fim de semana com festas na casa de três universitários que moram sozinhos na rua Gerânio, bairro Monte Alegre, acabou se transformando em tragédia.
Três acadêmicos resolveram fazer uma “festinha” em sua residência.

Por volta das 3hs da madrugada de ontem, uns desconhecidos chegaram em um carro grafite e foram barrados pelos estudantes não permitindo suas entradas. Os ocupantes foram embora e retornaram momentos depois, um deles armado com um revólver atirou diversas vezes contra os frequentadores. Um dos tiros acertou Stanley Gonçalves Oliveira, de 19 anos, nas costas. Ele morreu quando era socorrido para um hospital da cidade.

Clovis Fabio Mendes,19, também levou um tiro que ficou alojado nas costas. Ele foi socorrido para um hospital e até o fechamento desta edição, não houve informações do estado de saude dele. A Polícia Militar informou que já identificou um dos ocupantes do veículo. Rodrigo Silva Gonçalves, de 21 anos, morador do bairro de Lourdes pode ser preso a qualquer momento.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Tráfico

PM prende dois homens e quatro menores são detidos

DIVULGAÇÃO/PM
Um adolescente afirmou para a PM que é o proprietário de todo o material apreendido

RUBENS SANTANA

Ao menos cinco menores foram detidos e um homem preso pela Polícia Militar no final da tarde de ontem, suspeitos de envolvimento e associação com o tráfico de drogas, na avenida São Judas Tadeu, bairro São Judas em Montes Claros.

Segundo informações da PM, uma equipe de militares do Grupo Integrado de Proteção a Vida (Gipv), estava investigando o local há alguns dias. Um policial do Gipv informou que há uns dois meses atrás, eles estiveram no local, porém, os bandidos esconderam as drogas e armas em um outro local. De posse de informações de denúncias anônimas de moradores próximos ao local, supostamente o local estava sendo usado novamente para tráfico de drogas. Os militares do Gipv, com o apoio dos policiais da Ronda Ostensiva com Cães (Rocca) soldados Euder e Igor, comandado pelo cabo Elton, compareceram ao local e encontraram um revólver calibre 38 e 11 munições, quatro aparelhos celulares, uma touca ninja, duas chaves mixa, quatro pedras de crack, R$ 18 em dinheiro, dois cheques no valor R$ 339, além de diversos documentos pessoais e de veículos.

Adolescente de 16 anos assume a arma e os materiais
Os adolescentes apreendidos junto com dois homens que foram presos

Os militares abordaram no local, Wadson Coelho Paulino e Flávio Silva Mendes, ambos com 20 anos e com seis passagens pelos meios policiais. Em consulta ao banco de dados do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), foi constatado que Wadson tem um processo em seu nome por porte ilegal de armas. No nome de Flávio, foram constatados quatro processos, dois por crime contra o patrimônio além de um por porte ilegal de armas.

Eles encontraram ainda quatro adolescentes de 14, 15, 16, e 17 anos que foram apreendidos. Ainda de acordo com a PM, o adolescente de 16 anos assumiu a propriedade da arma de fogo e de todos os materiais encontrados no local. O menor informou que os outros adolescentes, além de Wadson e Flávio, estavam ali para a compra de drogas.
Diante dos fatos, foi efetuada a prisão dos autores, a apreensão dos adolescentes, em conflito com a lei e dos materiais, sendo entregues na Delegacia de Polícia.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

DROGAS

Baixa no estoque de drogas do “Feijão Semeado”



Alan Junior e sua companheira Maria Amélia são suspeitos de envolvimentos e associações com o tráfico de drogas na cidade

Drogas prontas para serem comercializadas além de munições de uso exclusivo das Forças Armadas foram apreendidas pelos militares









Militares da Rocca com o auxílio do Gipv e Ministério Público vêm combatendo o tráfico de drogas na cidade


RUBENS SANTANA

A Polícia Militar realizou uma operação durante a manhã de ontem no aglomerado Conferência Cristo Rei “Feijão Semeado”, com os militares da Ronda Ostensiva com Cães Adestrados (Rocca) e apreendeu uma grande quantidade de crack, além de pasta base de cocaína.

Segundo informações do cabo da Rocca que comandou a operação no local Elton Gomes, há alguns dias uma equipe de militares do Serviço de Inteligência do Grupo Integrado de Proteção a Vida (Gipv) estava investigando diversos traficantes no aglomerado, porém, não encontrava com eles nenhuma substância tóxica que poderia incriminá-los.

Os militares do Gipv informaram para a equipe da Rocca que uma casa localizada na rua Maria Idalina no aglomerado estava sendo usada para guardar ou comercializar drogas.
Os policiais da Rocca, soldados Euder e Márcio sob o comando do cabo Elton Gomes, foram até a casa suspeita de ser uma boca de fumo no bairro e encontraram os documentos de identidades de Alan Junior Souza Oliveira, de 20 anos, e sua companheira Maria Amélia de Cássia de 30 anos.

No local os militares encontraram 200 pedras de crack embaladas prontas para serem comercializadas, 180 gramas de pedras de crack, 90 gramas de pasta base de cocaína, 61 munições 9mm, de uso exclusivo das Forças Armadas, diversos materiais para embalagens de drogas e um rádio transmissor Pabx.

Elton Gomes informou que existe a possibilidade de o rádio ser ligado na freqüência da PM, monitorando assim todas as ações dos militares.
Ainda de acordo com os militares, há vários meses os traficantes estavam ameaçando diversos moradores do bairro para que eles guardassem drogas, armas e munições em suas casas.
Toda a droga e os materiais aprendidos foram levados para delegacia de polícia.

Os militares observaram que, embora a apreensão da droga e da munição não aconteceu em flagrante, Alan Junior e sua companheira serão autuados por envolvimento e associação com o tráfico de drogas na cidade.

Tentativa de homicídio

Homem encapuzado atira e fere 4 pessoas
Pai, dois filhos além de um auxiliar de serviços gerais foi atingidos

RUBENS SANTANA

A Polícia Militar registrou dois tiroteios durante a noite de terça-feira, 23, véspera da noite de São João em Montes Claros. O primeiro tiroteio aconteceu no aglomerado Conferência Cristo Rei, o "Feijão Semeado", na região do Parque de Exposições. Durante o tiroteio, segundo a PM, ninguém ficou ferido.

O outro tiroteio aconteceu no bairro Itatiaia, e deixou quatro feridos. Segundo a PM, a troca de tiros aconteceu na rua Dona Isabel, quando um desconhecido chegou encapuzado, armado e a pé.
Ele atirou várias vezes na direção de um grupo. Quatro pessoas foram atingidas: Valdeir Alves Pindobeira, de 33 anos, com duas passagens pelos meios policiais foi atingido com cinco tiros: um no braço esquerdo, um no abdômen, um na perna direita, um na perna esquerda e um no órgão genital, um adolescente de 14 anos filho de Valdeir, foi atingido com dois disparos: um no abdômen e outro no braço esquerdo; uma adolescente de 13 anos também filha de Valdeir, foi atingida com um disparo no anti-braço esquerdo.

Uma das balas atingiu a mão direita do auxiliar de serviços gerais, Alan Gomes Pereira, de 30 anos. Os feridos foram levados para um hospital da cidade.
No hospital, uma das vítimas informou que suspeita de um cidadão conhecido como "Negão" filho de "Tom de Baé.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Cocaína encontrada dentro de ursinho de pelúcia

Aproximadamente 300 gramas do “pó” estava dentro do “frágil” ursinho




RUBENS SANTANA

Um homem e uma mulher foram presos em flagrante pela Polícia Militar, suspeitos de tráfico de drogas, durante a tarde de ontem no bairro Alto Boa Vista em Montes Claros. Na casa do casal, os militares encontraram aproximadamente 300 gramas de cocaína escondida dentro de um ursinho de pelúcia.

O urso de pelúcia, brinquedo simples que não faz mal a nenhum mortal, foi alvo do suposto traficante para esconder cocaína, burlando assim as autoridades responsáveis pela segurança pública em Montes Claros.

Segundo informações da PM, a cerca de três meses o Serviço de Inteligência de militares do Serviço Integrado de Proteção a Vida (Gipv) estava investigando o suposto traficante. Com o apoio dos militares do Ronda Ostensiva com Cães (Rocca), os policiais encontraram Rogério Correia de Souza, de 27 anos, em um ponto de mototaxi na praça do Alto Boa Vista. Com ele, os militares encontraram três buchas de maconha. Com suspeitas de que poderia encontrar drogas em sua residência, os militares levaram Rogério até sua casa na Vila Sion.

Com a permissão do acusado, os militares entraram na casa e ao efetuar buscas dentro da casa, os militares encontraram dentro do ursinho, aproximadamente 300 gramas de cocaína, além de dois tabletes de maconha que estavam dentro de um recipiente para guardar filmes fotográficos.
No local, os militares encontraram a companheira do suspeito de tráfico, Graciele Araújo Melo, de 27 anos. Segundo informações dos militares do Gipv, ela será autuada por associação ou envolvimento com o tráfico de drogas, uma vez que, de acordo com os militares ela sabia que o companheiro guardava a droga dentro da casa.

Rogério afirmou para os militares que ele estava somente guardando a droga para um traficante chamado “Leizin”. Questionado pelos militares, ele informou que não sabia da quantidade de drogas muito menos de quanto em dinheiro os militares encontraram dentro da sua casa. Ainda no local os policiais encontraram diversas anotações que possivelmente são dados de vendas de drogas. Foram encontrados ainda no local, R$ 226 em dinheiro, um cheque no valor de R$ 50, cinco aparelhos celulares e uma máquina fotográfica digital.
Eles foram levados para a delegacia de polícia juntamente com a droga e o material apreendido.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Violência

PM registra 34 tentativas de homicídios

RUBENS SANTANA

Com o grande aumento de assassinatos em Montes Claros; 32 registrados pela Polícia Militar; o número poderia ser superior, isso por que a PM registrou até o mês de junho, 34 tentativas de homicídios na cidade. Matadores armados com revólveres e pistolas de diversos calibres continuam desafiando a população e autoridades, dando prosseguimento na execução de várias pessoas. Na maioria dos homicídios, a PM informou que havia algum tipo de ligação ou associação com o tráfico de drogas. Contudo, os bandidos não medem consequência para tirar a vida de uma pessoa.

No meio do crescente número de assassinatos, alguns casos chamam a atenção. Um advogado foi baleado no Maracanã. Um mototaxista foi morto sem piedade na Vila Anália. Um pai de família foi morto sem escrúpulos por não aceitar que um bandido namorasse sua filha.

Um jovem foi espancado até a morte no Jardim Alvorada por uma família inteira sendo que, o pai dos espancadores golpeou o trabalhador na cabeça traicoeiramente efetuando um corte de uma proporção que poderia enfiar alguns dedos no buraco da cabeça do jovem morto. E no último registrado pela PM, um jovem tentou fugir de uma tentativa de assalto e foi baleado na cabeça por um bandido que nada levou. Somente tirou a vida de um jovem trabalhador que havia colocado metas e sonhos em sua vida. Foi interrompido do sonho por bandidos que não têm escrúpulos nem medo da Polícia e muito menos da Justiça.


Tentativas têm crescimento no ano

Com essas 34 tentativas de homicídio, muitas vezes qualificadas ou tentativas de latrocínios neste ano, o número vem de uma crescente, dá uma estagnada no mês de abril e voltou com força total no mês passado.

No mês de janeiro, a PM registrou cinco tentativas de assassinatos.
Com o intuito de tirar vidas, principalmente quem tem ligações ou dívidas com traficantes, os matadores tentaram matar sete pessoas no mês de fevereiro. Com a matemática é simples, eles tentaram matar uma pessoa a cada quatro dias. Com quase a mesma média do mês festivo, matadores tentaram tirar a vida de seis pessoas no mês de março.

O mês de abril foi o mês que as tentativas de homicídios ficaram estagnadas. Mesmo assim, para não perderem o costume, os bandidos além de executar diversas pessoas naquele mês, eles tentaram matar mais cinco pessoas. Depois de deixarem estancadas as tentativas nos meses de março e abril onde pelo menos onze pessoas foram vítimas de tentativas de assassinatos, os matadores voltaram com força total no mês de maio.

Depois de matarem oito pessoas, eles tentaram matar mais dez somente no mês passado. Para não perderem a média, os bandidos já começaram sentindo o frio do mês de junho a todo vapor. Foram dois homicídios em menos de seis horas e uma tentativa.
De acordo com informações da PM, eles estão trabalhando intensamente para tentar reduzir com a onda de homicídios ocorridos na cidade. Segundo a assessoria do 10º Batalhão de Polícia Militar, quase todas as mortes apuradas até o momento e crimes como tentativas de homicídios, roubos, assassinatos, entre outros estão diretamente ligados ao tráfico de drogas.


Motos, fuga rápida do local do crime

As motos são umas das armas usadas por bandidos disfarçados de motoqueiros. Devido a sua facilidade em sair rapidamente do local do crime, quase todos os homicídios registrados até o momento, os bandidos chegaram em uma moto, na maioria das vezes, o passageiro armado com um revólver, dispara diversas vezes contra seu alvo.

Pessoas que se aventuram no meio para tentar ganhar um dinheiro fácil acabam entrando em dívidas com traficantes que utilizam o termo “pagar com a vida” para se verem livres de débitos contraídos.

Até mesmo simples usuários de drogas que acabam ficando devendo R$ 10 até R$ 30 são sucumbidos com a própria vida. Traficantes não querem saber o tamanho da dívida. O que eles querem mesmo é serem contemplado com um número cada vez maior de dependentes que se tornarão viciados em um futuro próximo.

Não vendo alternativa para sustentar seu vício, os dependentes têm duas opções: ou roubam para sustentar o vício ou viram “pequenos vendedores” dos traficantes que disponibilizam para eles uma pequena quantia de drogas para satisfazerem seus vícios. Há informações que esses “vendedores” vendo uma grande quantidade de drogas a sua frente, eles não conseguem se conter e acabam usando toda a droga pertencente ao traficante. Esse é um de vários motivos de homicídios e tentativas presenciadas pela população montes-clarense.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Segurança

Mototaxistas aterrorizados com bandidos
Mototaxistas apavorados com o crescente número de roubos contra eles, cobram mais rigor da PM para reprimir os bandidos

RUBENS SANTANA

Ao solicitar uma corrida por um desconhecido, nem sempre os mototaxistas podem diferenciar quem é um bandido ou um cidadão de bem, um ladrão ou um trabalhador.

A clandestinidade e a falta de empregos fizeram com que várias pessoas migrassem para o transporte clandestino. São diversos trabalhadores que ocultos na informalidade atravessam fronteiras em busca de sustento para a família, que aguardam o regresso do pai, do filho ou de parentes que tiveram uma longa jornada durante o dia para transportar passageiros de norte a sul e de leste a oeste em Montes Claros e em toda região norte mineira.

Contudo, uma classe; os mototaxistas; vem sendo alvo de bandidos disfarçados de passageiros. De acordo com diversos trabalhadores, eles não parecem bandidos nem ladrões. São pessoas de boa aparência, bem vestidos com roupas de grifes famosas.

O mototaxista Gilson Ferreira da Silva, de 25 anos, informou que está na informalidade devido a poucas opções que o atual mercado proporciona, porém, de acordo com ele, trabalhar como mototaxista é uma ótima saída visto que ele ganha aproximadamente R$ 50 por dia livre das despesas com gasolina. “Eu acho que é difícil ganhar esse valor trabalhando em empresas ou no comércio. Como não é proibido ser mototáxi e ta dando um bom dinheiro, pretendo continuar”, afirma Gilson observando que as autoridades competentes poderiam elaborar um projeto para regularizar o sistema e que embora esteja ganhando bem, ele tem receios de ser assaltado por bandidos que disfarçam de passageiros. “Tenho vários colegas que já foram assaltados ou tiveram suas motos roubadas.”

Outro mototaxista, Ricardo Ferreira Cruz, 32, informou que a Polícia Militar poderia realizar diversas blitz pela cidade abordando os mototaxistas e também os passageiros. “Tenho a impressão que se ocorresse essas blitzs com mais freqüência, mais empenho da PM, acho que os bandidos iriam ficar com receios e pensar duas vezes antes de cometer um assalto”, observa Ricardo ressaltando que mesmo se tivesse um maior empenho por parte da PM, os bandidos não se intimidam e iriam continuar roubando. “Eu me sinto em rua sem saída. Os ladrões não tem medo de ninguém. Agente pede polícia mas eles não intimidam”, disse o trabalhador.

Já o mototaxista Fernando Ribeiro Fonseca, de 27 anos, discorda dos companheiros. De acordo com ele, os bandidos normalmente de boa aparência usando boas marcas de roupa pelo corpo, chegam e solicitam uma corrida. Porém, não dá pra saber o que os aguardam no fim da linha. “Normalmente os caras conversam difícil. Tem um bom português. Não dá pra saber”, afirma Fernando acrescentando que não tem como saber se o passageiro é bandido ou não. “Estamos todos nas mãos de Deus. É ele que nos guia. Se tiver que acontecer não vai ter jeito. Não tem como agente diferenciar um passageiro do bem com um ladrão disfarçado de passageiro.”

Vítima de ladrões por cinco vezes onde desses cinco assaltos o mototaxista L,R,B., de 40 anos, que preferiu se identificar apenas com as iniciais do seu nome para não ser mais uma vez assaltado, informou que só transporta mulheres em sua moto. De acordo com ele, a possibilidade de ser assaltado por mulheres é inexistente. “Depois de diversos assaltos optei por fazer corrida para os bairros só com mulheres. Eu já tenho minha clientela. Já é uma garantia para não correr o risco de ser roubado novamente”, afirma o trabalhador observando que no último assalto contra ele os bandidos levaram sua moto que era financiada.

De acordo com ele, já faz dois anos que aconteceu o roubo e até hoje ele não encontrou a moto. “Possivelmente eles venderam a moto na zona rural. Lá não tem fiscalização e que comprou deve ter comprado a preço de banana”, observa o trabalhador enfatizando que não desanimou e paga em dia dois financiamentos; uma da moto roubada e o outro da moto que ele está trabalhando atualmente.

Acidente I

Moto bate em carro e deixa dois feridos perto da Câmara
Jaqueline Moraes e José Carlos foram socorridos pela equipe médica do Samu e Corpo de Bombeiros, que rapidamente chegaram ao local

RUBENS SANTANA

Imprudência pode ter sido a causa de um acidente envolvendo uma condutora de um carro e um motociclista, no início da tarde de ontem, na avenida Dr. João Luiz de Almeida, próximo a Câmara dos Vereadores, área central de Montes Claros.

De acordo com a condutora do Corsa, placas HGI-7993, Aryana Campos Lourenço Melo Sizílio, falta de atenção do motociclista pode ter resultado no acidente. “Eu estava dirigindo pela avenida do lado da câmara e ia fazer o retorno ali na frente. Um Gol entrou no estacionamento da prefeitura, eu reduzir um pouco a velocidade do carro e veio o homem na moto e bateu na minha traseira e depois na guia do meio fio”, afirma a motorista observando, que uma grande parte de motociclistas andam em alta velocidade e que muitos motoristas até tentam dirigir na defensiva, porém, nem sempre é possível. “Em caso de acidentes, normalmente o condutor da moto vai sair prejudicado. Precisamos de campanhas educativas para ter um trânsito mais humano”, disse a motorista.

Artur Moraes, 44, passava pelo local na hora do acidente e informou que a motorista do carro estava completamente errada. “Ela não conseguiu parar o carro dela senão ia bater na traseira do carro que entrava no estacionamento. Ela tirou para esquerda e fechou o motociclista. Quando ele caiu ao chão eu tentei ajudar e ela não prestou socorro”, afirma Artur, informando que ao tentar ajudar o condutor da moto, José Carlos e a passageira Jaqueline Moraes, ele reconheceu o motociclista mesmo com o capacete na cabeça. “Era meu cunhado e sua esposa.”

Percebendo que a condutora do veículo estava fugindo do local do acidente contornando a avenida logo à frente, ele correu e ameaçou se jogar na frente do carro. “Eu corri e ameacei entrar na frente do carro. Só assim que ela parou alegando que estava levando as crianças na escola e que já voltaria para prestar socorro”, disse Artur.
Ambulâncias do Serviço de Atendimento Médico de Urgência e Emergência e Corpo de Bombeiros rapidamente chegaram ao local do acidente e fizeram o pré-atendimento as vítimas que queixavam de dores pelo corpo.

Acidente II

Imprudências cometidas diariamente na cidade
Diversos acidentes envolvendo motos e carros são registrados diariamente pela PM em Montes Claros

RUBENS SANTANA

É alarmante o número de acidentes no trânsito na maior cidade do Norte de Minas, que ocorrem diariamente, e a grande maioria deles é causada pela imprudência de algum motorista, motociclista, ciclista e até pedestres. Em consequência desses acidentes muitas vidas são ceifadas prematuramente, e muitas pessoas ficam com marcas permanentes ou até alguma deficiência física para o resto de suas vidas.

Para ilustrar alguns atos de imprudência que são observados diariamente, a reportagem do JORNALISMO MONTES CLAROS, foi as ruas e notifica aqui o que já é de conhecimento da população: pedestres que atravessam as ruas sem olhar para os lados e fora da faixa de travessia, ciclistas que andam lado a lado invadindo as pistas centrais das ruas e rodovias, motociclistas que fazem ultrapassagens arriscadas e trafegam praticamente colados ao veículo de sua frente, alguns condutores de veículos que não respeitam sinais de trânsito e nem faixas para pedestres, outros condutores que ligam aparelhos de som a todo volume e saem cortando a frente de todos só para mostrarem que tem uma "máquina potente", outros que atendem o celular tranquilamente somente com uma mão ao volante, além daqueles que insistem em permanecer na faixa da esquerda em vias de trânsitos rápidos.

Essas são as infrações mais comuns que grande parte de motoristas e condutores de motos cometem diariamente. Se motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres conscientizarem de que eles mesmos são capazes de mudar essa triste estatística que acomete o trânsito montes-clarense, um grande passo já seria dado para coibir a violência no trânsito que mata e deixa marcas por toda a vida.

Deste modo, acredita-se que se todas as pessoas que saírem às ruas diariamente se preocuparem realmente com a sua segurança e com a "prudência" que deverá ser adotada em todos os seus atos e ações. Certamente com esta preocupação permanente o número de acidentes e as conseqüentes perdas de preciosas vidas humanas se reduzirão consideravelmente.

Motociclistas

Duas rodas para o trânsito; solução perigosa?

RUBENS SANTANA

Com o trânsito em Montes Claros cada vez mais lento e complicado, a vida em duas rodas vem se tornando uma alternativa atraente, porém arriscada. Dados do Detran mostram que o número de veículos no trânsito montes-clarense subiu de 59.464 em 2000, para 115.953 até a primeira semana de janeiro deste ano.

De acordo com Detran/MG, Montes Claros conta com aproximadamente 50 mil motos emplacadas e rodando diariamente na cidade.
Nessa mesma proporção, a cada dia Centro de formação de Condutores (CFCs) habilitam novos motoristas e motociclistas. Com isso, cresce o número de motociclistas, aumenta também a imprudência, o desrespeito às leis de trânsito e, conseqüentemente, o número de acidentes e mortes. Em acidentes envolvendo motos e carros, na maioria os condutores das motos saem prejudicados.

Além de correrem o risco de traumas por todo o corpo, fica também um trauma para consertarem seus veículos. Como é a parte mais frágil no acidente, às motos muitas vezes têm perda total. Os carros cada vez mais modernos vez ou outra sofrem grandes proporções, contudo, a grande maioria de veículos envolvidos em acidentes sofre somente pequenos danos na pintura, nada que uma funilaria não resolva. Devido a isso, motociclistas precisam ficar cada vez mais atentos no complicado trânsito que avança a cada dia para ser o pior do Estado.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Junho quente

PM registra dois assassinatos

RUBENS SANTANA

Provavelmente ligados ao tráfico de drogas, os matadores voltaram a agir e aumentou para 32 o número de assassinatos em Montes Claros. Nos dois primeiros dias do mês de junho, mais duas pessoas foram assassinadas na cidade, com isso, o número de homicídios já chega a uma média superior a cinco homicídios por mês.

No mês passado, matadores impressionaram a população com a rapidez que eles usaram para matar suas vítimas. Em menos de doze horas eles executaram “Pedrinho Bracinho”, na Praça Beato Francisco Coll, bairro Maracanã. Não satisfeitos, outros bandidos mataram em plena luz do dia, por volta das 10 horas da manhã, Valdinei Fonseca da Silva, de 21 anos, na rua Cinco no bairro Chiquinho Guimarães, elevando assim naquele dia para trinta o número de homicídios na maior cidade do Norte de Minas.

Entre o dia 19 e 20 do mês passado, foram quatro assassinatos registrados pela Polícia Militar; um brutalmente espancado por uma família; os outros três, de acordo com a PM, todos com possíveis ligações com o tráfico de drogas. Segundo a assessoria do 10° Batalhão de Polícia Militar, disputas por pontos de vendas de drogas e dívidas com traficantes são uns dos agravantes que levam os bandidos a matarem.

1º homicídio do mês

Foi morto enquanto jogava cartas

DIVULGAÇÃO/PM
Vários tiros acertaram Fabiano Pereira Lima, que morreu na hora


RUBENS SANTANA

No início da noite de segunda-feira do 1º dia do mês de junho, os matadores executaram um rapaz, na rua Maurício Grabois, Conjunto Joaquim Costa em Montes Claros.

Fabiano Pereira Lima, de 24 anos, com duas passagens pelos meios policiais, morador do conjunto, estava em um bar jogando baralho com amigos quando dois homens chegaram em uma moto prata, um deles armado com um revólver disparou várias vezes contra o rapaz.
Informações de testemunhas no local do crime dão conta que ele saiu correndo para o lado de dentro do balcão de um bar junto com todos os outros freqüentadores do local, porém, os tiros o acertaram.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) compareceu ao local e constatou a morte. O perito Ildeu Oliveira realizou os serviços de costume e liberou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com ele, foram constatadas oito perfurações no corpo de Fabiano: um no pescoço, um na axila direita, um próximo à nádega esquerda, no abdômen e quatro nas costas.
No local, o perito encontrou um projétil e quatro cápsulas calibre ponto quarenta deflagrados. Segundo informações da PM, as testemunhas que presenciaram o crime não souberam informar detalhes sobre a morte de Fabiano nem o que motivou o crime. O crime está sendo investigado pela Polícia Civil.

2º HOMICÍDIO DO MÊS

Seis horas depois, outro homicídio

DIVULGAÇÃO/PM

Um jovem de 18 anos foi morto com um tiro na testa ao tentar fugir de um assalto no Maracanã

RUBENS SANTANA

O segundo homicídio do mês; 32º no ano; aconteceu no início da madrugada de ontem. Pouco mais de seis horas depois do primeiro assassinato, outros bandidos praticam outro crime na praça do Maracanã.

Há pouco mais de dez dias, bandidos mataram “Pedrinho Bracinho” naquela praça. Informações da PM dão conta que “Pedrinho” possuía diversas passagens pelos meios policiais e possivelmente ele tinha ligações com o tráfico de drogas o que supostamente ocasionou a sua morte.

Porém, esse crime não tem nenhuma ligação com traficantes ou matadores do tráfico. Bandidos sem piedade tentaram roubar a moto do jovem trabalhador.

De acordo com informações de testemunhas, o churrasqueiro, Pablo Hebert Santos Martins, de 18 anos, morador da Vila Campos, estava na praça na companhia de uma suposta namorada. Quando estavam saindo do local em sua moto, o casal foi surpreendido por dois bandidos.

Um deles armado com um revólver aproximou do jovem na moto e ele teria tentado arrancar com o veículo. O bandido disparou uma vez contra o condutor que foi atingido e caiu alguns metros depois. Ainda de acordo com a testemunha, os bandidos teriam fugido a pé pelas ruas do bairro. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) compareceu ao local e constatou a morte dele. A perícia técnica esteve no local e constatou uma perfuração na testa do lado esquerdo. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso está sendo apurado pela PC local.



32º HOMICÍDIO

Moradores próximos à praça pedem socorro

RUBENS SANTANA

Alguns moradores do Maracanã e principalmente aqueles que residem próximos à praça do bairro entraram em contato com o blog JORNALISMO MONTES CLAROS e informaram que já não sabem a quem recorrer para coibir e reprimir a violência que aterrorizam os moradores.

O advogado M,R,B., de 35 anos, informou que há anos o bairro vem sendo dominado por bandidos que estão deixando moradores, principalmente aqueles que moram perto da praça apavorados. “Já são dois assassinatos em pouco mais de dez dias. Indiferente de ter ligação com drogas ou não, o que queremos é uma resposta urgente das autoridades e do poder público municipal. Eles têm que fazer algo. Estamos presos dentro das nossas próprias casas e os bandidos soltos nas ruas e armados com revólveres”, desabafa.

Uma moradora que preferiu não informar seu nome, observou que não entende o porque de o bairro ter uma Área Integrada de Segurança (Aisp) e não resolve o problema da criminalidade na região. “A região do Grande Maracanã é muito grande. Será que só o comando do batalhão que não enxerga que precisamos de mais policiais aqui? Militares com bicicletas os bandidos nem respeitam. No mês passado eles receberam diversas viaturas. Por que não deixam uma aqui com vários policiais? Não temos sensação de segurança nenhuma para andar pelo bairro depois das dez horas da noite”, afirma a moradora informando que está começando um abaixo assinado da população para conseguir um policiamento mais ostensivo e constante pelo bairro.

Um morador próximo à praça informou que Pablo era um jovem trabalhador e que tinha muitos sonhos pela frente. De acordo com o morador, Pablo trabalhava em uma lanchonete no Centro de Montes Claros e havia comprado a moto recentemente. Ainda de acordo com o morador, o jovem também tinha tirado a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria “A” há poucos dias e já estava prestes a conseguir também a categoria “B”. “Apesar de jovem, ele era muito trabalhador.

Estava muito feliz com a vida que estava levando ao lado da sua namorada. Nos poucos momentos que ele tinha para ficar com ela, chegam dois bandidos e tentam roubar sua moto. Só ele que sabe o esforço que foi para conseguir compra a moto. Ele tentou fugir e levou um tiro na testa”, observa o morador ressaltando que, o que o mais deixou indignado é o fato de os bandidos optarem pelo roubo e acabam não conseguindo êxito e terminam executando um jovem que tinha toda uma vida pela frente.

A operadora de caixa, G,P,E., de 32 anos, moradora do bairro há mais de dez anos também estar indignada e revoltada com a onda de violência que assola o bairro nos últimos anos. “No mês passado, teve um rapaz que foi morto a tiros na praça. Poucos dias depois vem um monte de autoridades policiais e falam que a cidade ganhou mais viaturas. Onde estão essas viaturas? Aqui pelo bairro que não é”, afirma a moradora enfatizando que passa pela rodoviária todos os dias e que no local existem umas viaturas paradas. “Queremos que as autoridades tomem providências quanto a questão da segurança. Queremos ir a missa, lanchonete, passear pelo bairro e chegar do trabalho de madrugada convictos que estamos seguros”, desabafa a moradora.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

ASSALTO A POSTO DE COMBUSTÍVEL

Posto de combustível é assaltado no Centro
O circuito interno de TV filmou a ação do bandido; ele havia abastecido a moto por volta das 23hs na companhia de uma mulher; algumas horas depois ele volta e pratica o crime; a moto ficou parada na frente do posto








RUBENS SANTANA

Um posto de combustível foi assaltado no início da madrugada de ontem, na avenida Geraldo Athayde, Alto São João, área central de Montes Claros.

De acordo com informações do frentista que estava de serviço na hora do assalto, ele foi surpreendido por um desconhecido usando um capacete fechado. O bandido armado com um revólver apontou na direção do trabalhador e roubou R$ 120 em dinheiro. O ladrão fugiu. O assalto foi filmado pelo circuito interno de TV do posto de combustível.

As imagens foram mostradas para os militares que registraram a ocorrência e repassadas via rádio para todas as viaturas.
Segundo informações da gerência do estabelecimento, o assaltante havia frequentado as dependências do posto e abastecido sua moto por voltas das 23hs.

Informações preliminares dão conta que ele estava na companhia de uma mulher. O circuito de filmagens registrou o momento em que ele abasteceu a moto. Algumas horas depois ele voltou sozinho e deixou a moto na rua e praticou o assalto. A gerência do posto observou que a gravação está à disposição da Polícia Civil para investigar os crescentes números de assaltos contra postos de gasolina na cidade.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Maracanã

Moradores afirmam que “Giliard” era o terror do bairro
Com a prisão de Giliard, a Polícia Civil investiga quantos assaltos ele cometeu com sua gangue nos últimos meses

RUBENS SANTANA

Como o Blog Jornalimo Montes Claros havia divulgado na postagem de terça-feira, 26, a Polícia Militar de Montes Claros desmantelou a quadrilha que assaltava na zona sul da cidade e diversas chácaras próximas a comunidade do São Geraldo II.

Diversos moradores do bairro Maracanã ligaram para o blogueiro e informaram que através da matéria, eles reconheceram Giliard Fernandes Ruas, 24, e sua turma que foram presos na manhã de terça-feira, de ser os principais ladrões que estavam aterrorizando comerciantes e moradores do bairro.

A comerciante M,S,C., que preferiu citar somente as iniciais do seu nome, com medo de represálias dos bandidos caso eles sejam liberados pela Justiça, informou que moradores e comerciantes do bairro ficaram mais aliviados com a prisão da quadrilha, porém, ainda sentem medo, isso porque, segundo ela, nos últimos anos, a Justiça não consegue deixar presos os bandidos. “A PM prende e os bandidos estão sempre soltos. Alguma coisa está errada. Será que os juizes não percebem que esses bandidos têm que ficar é preso?”, questiona a comerciante observando que já está na hora dos políticos reformarem o Código Penal que já se encontra totalmente defasado. Ela informou ainda que reconheceria Giliard sendo um dos assaltantes do seu comércio.

Uma moradora que também optou por não se identificar, informou que Giliard e sua turma compareceram até a sua residência no início do mês e tocaram o interfone.
Ao atender, ela foi surpreendida por um bandido que anunciou o assalto. Nesse mesmo momento, três bandidos aramados com revólveres também entraram.

A moradora além de ter sido agredida com um soco na boca, foi amarrada e presa no banheiro. Os bandidos roubaram o veículo, um cofre contendo R$ 5 mil em dinheiro e documentos, aparelho DVD e um celular.

Outro comerciante, H,R,T., ligou para redação e informou que também foi assaltado por Giliard e sua turma. “Eles chegaram aqui, além de me ameaçar, ameaçaram todos os clientes que ficaram apavorados. Foi um terror. Eles não têm escrúpulos. São realmente os assaltantes que estavam aterrorizando os comerciantes do bairro”, afirma o comerciante ressaltando também que já está na hora da população cobrar dos políticos uma reformulação no Código Penal. “Alguma coisa precisa ser mudada. A PM prende e os bandidos continuam soltos”, desabafa H,R,T.

O morador K,R,T., observou que já presenciou diversos assaltos no bairro. A maioria deles praticados por Giliard e sua turma. “Eles roubam e depois vão embora na maior tranquilidade. Agem como se nada tivessem acontecido. Todos os moradores tinham medos deles. Medo de denunciar e serem descobertos”, disse o morador informando que ele já havia sido preso outras vezes, contudo, a Justiça o liberou e ele continua amedrontando e aterrorizando o bairro.

“A população em geral tem medo de denunciar. Se os bandidos saírem da prisão e descobrirem quem fez a denúncia, eles matam”, observa o morador ressaltando que a própria Polícia poderia cobrar do Congresso ou do Senado atitudes para solucionar o grande números de bandidos que são presos, mas que advogados encontram brechas na Lei e acabam soltando os bandidos. “Tenho convicção que os bandidos guardam dinheiro produto de furto e de roubos para pagarem advogados caso eles sejam presos”, observa o morador.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Quadrilha que atacava na zona rural é desmantelada pela PM Os militares encontraram na casa de Giliard, diversos relógios e acessórios femininos; Daniel morava junto com ele e é suspeito de ter praticado o assalto na chácara do japonês

RUBENS SANTANA

Uma quadrilha que atacava na zona rural de Montes Claros, chácaras e fazendas na região sul, proximidades de um clube e comunidades do São Geraldo II, foi desmantelada na manhã de ontem pela Polícia Militar.

De acordo com a PM, o Serviço de Inteligência da Polícia Militar estava investigando a quadrilha há alguns meses. O êxito foi obtido através de investigações que os militares realizaram no assalto em que eles são suspeitos de terem praticados na última quarta-feira, 20, na chácara de um japonês naquela região.

Segundo o tenente João Paulo Fiúza, os militares do Serviço de Inteligência da PM haviam pedido a Justiça local um mandado de busca e apreensão em nome de Giliard Fernandes Ruas, 24, residente na comunidade do São Geraldo II.

“Nós estávamos indo no endereço errado. Vizinhos o alertou que estávamos a sua procura. Ao chegar no local, ele tentou fugir, mas conseguimos impedir e o prendemos”, afirma o tenente. Ele obesrvou ainda que, foi descoberto que havia um mandado de prisão em seu nome.
No local foi encontrada uma grande bolsa preta, que pertence ao “japonês.

Dentro da casa, os militares encontraram 31.208 Ienes (moeda japonesa, na cotação de ontem, aproximadamente R$ 667 para venda), R$ 304.50 em dinheiro, U$ 18.30 além de cinco relógios e diversos acessórios femininos. Notando que não havia escapatória, uma vez que todos os indícios o comprometiam pela prática do assalto na chácara do japonês, Giliard afirmou aos militares que ele era um dos ladrões e informou aos policiais os nomes das pessoas que haviam praticado o roubo junto com ele.

Um dos bandidos foi encontrado em uma casa, na rua Flamengo. Ao consultar o nome no Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) da PM, eles descobriram que se tratava do adolescente de 17 anos, W,J,R., três homens ainda estão sendo procurados e pode ser preso a qualquer momento. Na casa de Giliard, os militares prenderam ainda outro suspeito de ter participado do assalto ao japonês. Eles prenderam Daniel Rodrigues Xavier. Segundo o tenente Fiúza, consta que ele responde a processos por homicídios, uma vez que já matou duas pessoas em Januária.

Caseiro foi amarrado pelos bandidos
Moeda japonesa e americana; segundo a PM, incriminará mais ainda Giliard; ele é o principal suspeito de assaltar a chácara do “japonês” com outros comparsas

De acordo com informações do tenente João Paulo Fiúza, o assalto aconteceu durante a tarde de quarta-feira, 20, na chácara do “Japonês”. Cinco bandidos armados com revólveres entraram na chácara e amarraram o caseiro. Eles roubaram notebook, aparelho de DVD,
moeda do câmbio japonês, dólares, relógios e diversos acessórios femininos.
O tenente informou ainda que além de eles praticarem roubos e furtos na zona rural, eles assaltavam também dentro da cidade de Montes Claros. “São muitos acessórios femininos que encontramos com ele. Temos convicção que ele era o principal bandido que aterrorizava a população montes-clarense”, afirma o tenente. Ainda de acordo com o tenente, o descendente japonês, proprietário da chácara reconheceu Giliard e o adolescente de 17 anos sendo um dos assaltantes.

Assaltantes migram para a zona rural

Com o grande número de viaturas com policiais militares em diversos bairros da cidade, os bandidos começaram a migrar para a zona rural. Sabendo das dificuldades que podem encontrar, os ladrões definitivamente encontraram na zona rural da cidade, o grande filão para prosseguir com seus delitos. São diversos furtos em propriedades, sítios e chácaras.
Diariamente, a PM realiza registros de ocorrências em diversos lugares na zona rural. Vários motoristas que se deslocam para sítios e chácaras são assaltados e ameaçados por bandidos. Segundo o tenente Fiúza, tudo isso é uma tendência encontrada pelos bandidos. “A área urbana já está saturada. É uma tendência do crime migrar para a zona rural.
Só que a PM está atento a tudo isso. Aos poucos nos vamos reprimindo e prendendo os ladrões”, afirma o tenente informando que já existe uma patrulha rural na região sul e que nos próximos dias outra patrulha será criada para a fim de coibir, reprimir e prevenir a ação dos marginais por toda zona rural da cidade.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

30º Homicídio

Dívida com drogas resulta na morte de mais um jovem
Rapaz morto no Santo Antonio II; três homicídios e duas tentativas de morte em dois dias


Um jovem foi assassinado a tiros, por volta das 19 horas, de terça-feira, 19, na rua Oito, bairro Santo Antônio II, em Montes Claros. Pelo segundo dia consecutivo, bandidos voltam a atacar, sendo registrado mais um assassinato em Montes Claros; o terceiro em dois dias.

Depois de matarem dois jovens em menos de doze horas, os matadores voltam a atacar e fazem mais uma vítima para a contabilidade do crime na cidade. Esse já é o sexto homicídio registrado no mês de maio; trinta durante o ano de 2009.

De acordo com informações de testemunhas próximos ao local do crime, Rodrigo de Jesus Souza, de 22 anos, com 11 passagens pelos meios policiais, entre elas, uso de droga, lesão corporal, porte ilegal de arma de fogo e rixa, estava no local, momento em que foi abordado por um homem que usava capacete e armado com um revólver, disparou várias vezes contra ele que não resistiu aos tiros e morreu na hora.

Levantamentos da perícia técnica constataram que ele foi atingido por seis disparos: três no tórax, um no abdômen, um nas costas e um no punho esquerdo.
A mãe de Rodrigo compareceu ao local e informou que ele era viciado e devia aproximadamente R$ 2 mil para um traficante conhecido como “Tata”, referente à compra de drogas.
Uma equipe do Grupo Integrado de Proteção a Vida (Gipv) esteve no local e acompanhou a ocorrência. O atirador fugiu e está sendo procurado pela PM. Com esse homicídio, três em dois dias; mais um caso que será investigado pela Polícia Civil.


Tentativa de homicídio no Independência

Jovem é baleado e finge de morto; atirador foge acreditando que ele morreu

A semana começou a todo vapor com em Montes Claros. Com três homicídios em dois dias, a Polícia Militar registrou mais uma tentativa de homicídio.

Na noite de terça-feira, 19, militares foram solicitados a comparecerem a rua Noruega, bairro Independência, onde um homem tentou matar Maycon Dougla Rodrigues Lima, de 23 anos, conhecido como “Maiquin”, com quatro passagens pelo sistema Copom por uso de drogas.

Segundo informações de Maycon repassadas aos militares, uma pessoa teria chamado no portão da sua casa por seu nome. Ao atender, ele foi surpreendido por um homem que armado de um revólver atirou seis vezes contra ele.

Ele foi atingido por três disparos. Um no braço direito e dois na perna direita. Rapidamente o atirador recarregou a arma tentou efetuar mais disparos, porém, como “Maiquin” havia fingido de morto, o atirador fugiu em uma bicicleta.

Ele foi socorrido por uma viatura de resgate dos Bombeiros até o pronto-socorro do hospital Aroldo Tourinho onde ficou em observação. Ele informou aos militares que suspeita que uma pessoa conhecida por “Jerri”, morador no bairro Independência seria o autor dos tiros. A equipe do Grupo Integrado de Proteção à Vida (Gipv) acompanhou a ocorrência. Com mais essa tentativa de homicídio registrada pela Polícia Militar, mais um caso foi encaminhado à Polícia Civil para investigação.

terça-feira, 19 de maio de 2009

29º HOMICÍDIO

Dois homens assassinados em menos de 12 horas
Possíveis ligações com o tráfico de drogas resultaram em mais duas mortes

Com esse homicídio, a PM já registra 29 assassinatos na cidade

RUBENS SANTANA

Mais duas pessoas foram mortas a tiros em Montes Claros em menos de 12 horas. Com esses dois assassinatos, a Polícia Militar já registra 29 homicídios no ano, cinco somente nesse mês. Nos últimos quatro dias três homens foram assassinados.

Um brutalmente espancado no sábado, outro assassinado na praça do Maracanã e outro em plena luz do dia de terça-feira, 19; os dois últimos homicídios possivelmente tem ligações com o tráfico de drogas na cidade.

Com mais esses dois assassinatos, embora os comandantes das facções que dominam o tráfico de drogas na cidade estejam a milhares de distância cumprindo pena em um presídio de segurança máxima no Paraná, as mortes continuam aterrorizando a população. De todos os homicídios registrados pela PM até o momento, a maioria está associado ao submundo do crime ou com a disputa por pontos de tráfico de drogas.

Jovem é morto no Maracanã


O quarto homicídio do mês, e 28º no ano, aconteceu por volta das 22h30, de segunda-feira, 18, na Praça Beato Francisco Cool, bairro Maracanã, zona sul da cidade.

De acordo com informações de testemunhas que presenciaram o crime, dois homens em uma moto encontraram Pedro Henrique Gomes Ferreira, de 20 anos, conhecido no bairro de “Pedrinho Bracinho” com várias passagens pelos meios policiais, um deles armado com um revólver disparou várias vezes contra Pedrinho que morreu na hora.

O crime chama a atenção por ter acontecido a poucos metros do posto policial pertencente à Aisp 99ª. Segundo informações da Polícia Militar, o posto funciona 24hs e que havia um policial no plantão. Ainda de acordo com a PM, ao ouvir os tiros, rapidamente o policial repassou as informações via rádio pelo sistema Copom.

Médicos e enfermeiros do Serviço de Atendimento Médico e Urgência (Samu), compareceram ao local e constataram a morte. Um perito esteve no local e informou que quatro tiros acertaram Pedrinho, um na nuca, outro nas costas e dois na axila esquerda. Após o trabalho de rotina, o perito liberou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML). No local ele encontrou um projétil, possivelmente calibre 32.

Bandidos voltam a atacar em menos de 12 horas
Mais um jovem fuzilado no Chiquinho Guimarães
Segundo informações da PM, disputa pelo ponto seria uma dos motivos do crime

Valdinei estava preso por ter matado um homem na zona rural de Mirabela; ao descobrir que ia ser pai prometeu que ia largar a vida do crime

Na contabilidade fúnebre do crime, bandidos começaram a semana a todo vapor. Depois de matarem “Pedrinho Bracinho” na Praça do Maracanã, eles não esperam completar doze horas do primeiro crime da semana e voltam a tona.

Por volta das 10h30 da manhã de terça-feira, 19, dois bandidos em uma moto XT preta armados com pistolas 9 mm; de uso exclusivo das Forças Armadas; dispararam várias vezes contra Valdinei Fonseca da Silva, de 21 anos, na rua Cinco no bairro Chiquinho Guimarães, zona sul da cidade. Ele morava na rua Sete daquele bairro junto com um irmão. Informações de testemunhas que estavam próximo ao local do crime dão conta que, Valdinei além de usar drogas era também um traficante no bairro.

Policiais do Serviço de Inteligência do Grupo Integrado de Proteção a Vida (Gipv) informou que possivelmente o bairro é liderado pela facção comandada por “Marlboro”. Como os dois comandos estão longe de Montes Claros, e os dois gerentes, “Pipa” e “Alemão”, ambos líderes dos traficantes que também estão presos, eles ainda encontram forças em seus “sub-gerentes” para continuar a disputa pelo domínio do tráfico na maior cidade do norte de Minas. Os policiais informaram que possivelmente a causa da morte de Valdiney é a disputa por ponto de vendas por uma das duas facções.

Segundo informações do irmão do jovem assassinado, havia sete meses que ele tinha saído da cadeia. De acordo com ele, seu irmão estava preso por ter cometido um homicídio no distrito de São Bento, zona rural de Mirabela. Ainda de acordo com ele, esporadicamente ele trabalhava como servente de pedreiro, contudo, estava sempre cometendo pequenos delitos.
A PM informou que, Valdinei tinha diversas passagens pelos meios policiais como assaltos, furtos, roubos e porte ilegal de armas.
Segundo os policias que registraram a ocorrência, Valdiney foi baleado por aproximadamente dez tiros de pistola 9mm. Seis disparos ficaram alojados na cabeça e diversos tiros o acertaram nas costas.

Nova vida x Prosseguimento no mundo do crime

Olhando o corpo do jovem assassinado, o irmão informou que ele estava “sossegado” e que andaria pelo lado certo da vida

O irmão de Valdinei esteve no local e acompanhou todo o trabalho dos militares e da perícia técnica. Ele informou que mesmo com todo o passado cruel, cheio de prisões e diversos delitos cometidos contra a população montes-clarense, o irmão estava querendo recomeçar sua vida pelo lado correto. “Nos últimos dias ele estava ’sossegado’ não estava dando ‘trabalha’ não”, afirma o irmão do jovem assassinado.

Ainda segundo o irmão de Valdinei, há sete meses ele estava livre da cadeia por ter matado uma pessoa na zona rural de Mirabela. Com a liberdade decretada pela Justiça, Valdinei descobriu que ia ser pai e que a partir daquela data ele diria nunca mais para o submundo do crime. Porém, vizinhos informaram que toda a vontade que ele dizia era somente para agradar o irmão e a namorada. Que possivelmente, ele nunca ia deixar de traficar drogas pelo bairro. O filho do jovem morto tem aproximadamente 20 dias que havia nascido.

Bandidos continuam aterrorizando
“Bicudo” era o alvo; um dos tiros acerta a perna de uma criança de 2 anos

Depois de matarem Valdinei no Chiquinho Guimarães, possivelmente os mesmos bandidos tentaram matar mais uma pessoa; desta vez no bairro Major Prates.

Segundo informações de testemunhas, dois homens apareceram em uma moto, um deles sacou um revolver e atirou diversas vezes contra Carlos Cardoso, “Carlinhos Bicudo”.

Nenhum tiro o acertou, porém, uma das balas acertou a perna de uma criança de dois anos. “Carlinhos” fugiu. A criança foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico e Urgência (Samu), esteve no local e socorreu a criança para o pronto-socorro da Santa Casa onde ficou em observação.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

27º assassinato

Família espanca jovem até à morte no Jardim Alvorada

REPRODUÇÃO
Brutalidade. Wesley foi espancado até a morte na noite de sábado por uma família inteira; ele não tinha envolvimento com drogas e nunca havia sido preso; a Polícia Civil está investigando o caso

RUBENS SANTANA

Um jovem foi espancado até a morte com golpes de pau na cabeça e diversas facadas, durante a noite de sábado, 16, na rua Manoel de Freitas, bairro Jardim Alvorada em Montes Claros. Esse é o terceiro homicídio registrado no mês pela Polícia Militar.

Segundo a polícia, 27 pessoas já foram assassinadas na cidade, média de cinco mortes por mês. Contudo, o que chama a atenção desse bárbaro crime é a crueldade e brutalidade dos assassinos cometida contra um jovem trabalhador que tinha toda uma vida pela frente.

Segundo informações da família, Wesley Henrique do Carmo Palma, de 21 anos, teria frequentado uma feijoada com pagode na tarde de sábado. Ao voltar da festa, ele encontrou um casal de amigos discutindo próximo à sua casa. Ele, como amigo do casal, começou a separar a briga, momento que uma pessoa conhecida como “Tindoida”, ex-detento da Cadeia Pública não gostou da intervenção do jovem e pediu para que ele deixasse o casal resolver seus problemas do jeito deles.

“Tindoida” não gostando da resposta de Wesley, falou que ele estava sendo ousado demais e que mais tarde resolveria o problema com ele ameaçando-o de morte.
Wesley evitou o prolongamento da briga entre o casal com possibilidade de acontecer uma tragédia e foi para sua casa.

A mãe de Wesley observou que nesse momento, a família havia acabado de chegar de uma cerimônia de casamento e que encontrou o filho como de costume na frente da casa. “Ele estava meio cabisbaixo naquela hora. Nós não sabíamos de nada. Senão não tinha deixado ele sair. Mas acredito em Deus e os assassinos vão pagar por isso”, desabafa a mãe informando que todos na família são evangélicos com exceção do filho morto que era mas não estava freqüentando a igreja nos últimos anos.

A tragédia

Depois de participar da feijoada com pagode e separar a briga do casal de amigos, Wesley não imaginava que o pior estava por vir. Segundo a família, o jovem como toda pessoa da sua idade, gosta de namorar e tomar sua “cervejinha” em barzinhos pelo bairro.

Ele havia trabalhado naquele dia e atualmente estava trabalhando como auxiliar de transportes de mudanças. A vítima estava na frente de sua casa por volta das 21h30. Momento que alguns amigos o avisaram que “Tindoida” estava esperando ele “lá em baixo” para resolver aquele “problema”.

Wesley foi ao encontro do seu suposto assassino para conversar, mas inocentemente não sabia que uma família estava a sua espera para espancá-lo até a morte.
Segundo informações de testemunhas próximas ao local do crime, o ex-detento começou a briga com o trabalhador o acertando com vários socos. O pai do ex-detento, presenciando toda a confusão, armou-se com um pedaço de pau e traiçoeiramente o acertou por trás na nuca efetuando um grande corte na cabeça.

Segundo informações de testemunhas, o pai de “Tindoida”, Domício Andrade Santos, de 61 anos, junto com os irmãos Wilson Andrade Santos, 22, Edmilson Andrade Santos, 20, o primo Vanilson Andrade Santos, de 25 anos, e o próprio “Tindoida”, continuaram agredindo Wesley e um deles o golpeou com aproximadamente 20 facadas. Ele não resistiu e morreu no local do crime. Duas pessoas que tentaram separar a briga também foram esfaqueadas.

Ainda de acordo com testemunhas, o primo de “Tindoida” ameaçou e impediu que outras pessoas ajudassem ou socorresse o jovem trabalhador. Wilson, Edmilson e "Tindoida" fugiram e ainda estão sendo procurados pela Polícia. O pai do ex-detento, Domício Andrade e o primo Vanilson Andrade foram localizados em sua casa.

Eles foram presos em flagrante delito e levados para a delegacia de polícia. No local, a PM encontrou e apreendeu um caibro e um boné de um dos criminosos. Um perito técnico compareceu ao local e liberou o corpo ao Instituto Médico Legal (IML).

Justiça

De acordo com a mãe de Wesley, centenas de pessoas estiveram presentes no velório do jovem devido a ele ser um ótimo amigo com todos. “Ele era muito querido por todos. Todo mundo gostava dele. Agora vem um monstro desse e faz uma coisa dessa com meu filho”, desabafa a mãe ressaltando que ficou abismada com o crime, uma vez que, sempre vê esses crime nos noticiários da TV, não imaginando que isso fosse acontecer na sua família.

Ela afirma ainda que, o que a deixou mais abismada é o fato de um pai de família que poderia separar a briga, acerta seu filho traiçoeiramente por trás com um pedaço de pau na cabeça.
“Todos eles são culpados”. “Mas tenho certeza que foi o pai que matou meu filho. Segundo o perito, o corte na cabeça era muito fundo podendo enfiar os dedos no buraco” observa a mãe ressaltando que as autoridades competentes apurem a morte do filho o mais rápido possível porque os bandidos podem fugir.

Já o irmão do jovem fez uma observação a respeito de “Tindoida”, visto que ele é ex-detento e não poderia está na rua naquele horário. “Esse bandido saiu da cadeia recentemente. Será que ele podia estar na rua nesse horário?.

É uma coisa a mais para a polícia investigar” disse o irmão informando que havia pouco tempo que eles estavam morando no bairro, mas por onde passam saem espalhando o terror e que possivelmente, “Tindoida” estava escondido no bairro Cintra. A Polícia Civil está investigando o caso e a qualquer momento pode prender o restante dos assassinos.