sexta-feira, 29 de abril de 2011

Caminhão bate em carreta carregada de fósforos e pega fogo...

Rodovia BR 135, cenário de diversos acidentes
Depois de reformada, BR 135 virou palco de frequentes acidentes

Fotos: CB
Mais um acidente foi registrado pela Polícia Rodoviária Estadual no KM 494 da BR 135, próximo a cidade de Joaquim Felício na manhã de ontem, 28. Uma carreta e um caminhão baú bateram de frente, além de uma outra carreta, da Transnorte Cargas que estava vindo atrás também se envolveu no acidente.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, um caminhão baú com placa de Aracaju/SE, carregado com caixas de fósforos e conduzido por Edmilson Bastos Moreira, seguia sentido Belo Horizonte/Montes Claros quando bateu de frente com uma carreta Mercedes Benz com placa de São Paulo carregada com material plástico. A carreta era conduzida por Adenilson de Souza e tinha como passageiro Edson Gomes da Silva. As vítimas foram retiradas dos veículos por pessoas que passavam pelo local na hora do acidente e foram encaminhadas para o pronto socorro da Santa Casa.

Ainda segundo o CB, Com o impacto da batida, uma carreta da Empresa Transnorte Cargas com placa de Montes Claros, conduzida por Jailton da Silva Gonçalves foi atingida. Um compressor móvel pertencente à empresa Paineira Engenharia, prestadora de serviços de reparos na rodovia, também foi atingido. O motorista da Transnorte e os trabalhadores na rodovia não sofreram ferimentos.

Após o acidente, os veículos envolvidos pegaram fogo e impediram o trânsito na rodovia. O CB agiu rapidamente e isolou o local. Após a extinção das chamas, a equipe dos bombeiros realizaram o rescaldo, a fim de evitar reignição, ou seja, o surgimento de novas chamas no local.
Com a situação já controlada, a rodovia foi limpa pela viatura de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros, através de jatos de água pressuriz
ada. Não houve mortes.

Motoristas que usam a rodovia diariamente afirmam que o grande número de acidentes registrado no local se deve ao fato de que, depois da reforma no local, diversos condutores de carretas passaram a utilizar aquela via para desviar de rodovias que estão em péssimas condições. Muitas adversidades também são as responsáveis pelos acidentes, porém, a principal, é a falta de respeito de alguns motoristas que abusam da velocidade naquele local.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

A festa continua na Praça da Catedral

Não é mera coincidência. Os cães mudaram de praça e resolveram fazer a festa na Catedral

terça-feira, 19 de abril de 2011

É só dar uma brechinha, a cachorrada faz a festa...

Cachorros fazem a festa na Praça Doutor Carlos, coração de Montes Claros


A inoperância da atual administração é sentida pela falta de comando, sobretudo, pela falta de sincronismo das secretarias.

Onde a carrocinha, aquela que em outras épocas, deixava os cães receosos de sairem nas ruas? Está quebrada. Se na área central a proliferação dos cães está assim, imaginem nos bairros?

Agente da MCTrans não perdoa e multa irmão da esposa do prefeito

Irmão da esposa do prefeito dirige falando a o celular e avança sinal vermelho

Uma das pessoas ligadas a atual administração que poderia contribuir para que o trânsito de Montes Claros fosse mais tranqüilo, usou o nome para tentar subornar um agente de trânsito da MCTrans na manhã de hoje, terça-feira, 19, nos cruzamentos das Ruas Dr. Santos e Governador Valadares, para que duas multas fossem omitidas pelo agente. Além de dirigir o veículo, uma S10, placa HAG-4495, falando ao celular, o motorista avançou o semáforo vermelho.

Ele se identificou ao agente de trânsito com o nome de Wagner Martins, irmão da esposa do prefeito. Além das duas infrações, quando percebeu que ia ser multado, Wagner parou o carro em frente ao antigo prédio da Receita Federal e deixou o já conturbado trânsito ainda mais caótico.

Por cerca de cinco minutos pegava no ombro do agente da MCTrans e falava quem era pedindo para que ele deixasse a multa de lado e que, caso ele omitisse as duas infrações, poderia resolver algum problema para o trabalhador do trânsito. Disse ainda que tinha várias pessoas na McTrans que o conhecia e que o agente poderia ficar despreocupado quanto a omissão da multa porque nada iria lhe acontecer.

São casos como esse que eleva a fama de que Montes Claros é uma terra sem lei, porém, o agente de trânsito foi firme e não deixou de autuar o irmão da esposa do prefeito. Mas como tudo em Montes Claros tem um jeitinho, provavelmente alguém vai ‘tirar’ a multa para o infrator.

sábado, 9 de abril de 2011