segunda-feira, 26 de abril de 2010

SUPERLIGA MASCULINA 09/10

Começa a venda de ingressos para a final

Bilhetes poderão ser comprados a partir desta terça-feira

Os ingressos para a final da Superliga Masculina de vôlei 09/10 entre Cimed/Malwee (SC) e Bonsucesso/Montes Claros (MG) começarão a ser vendidos a partir das 9h de amanhã (terça-feira). A venda será realizada através do site www.ticketsforfun.com.br, pelo telefone 4003-5588 (neste caso para quem mora em São Paulo) ou 0300-789-6846 para as demais localidades. Também haverá 23 pontos de venda, sendo 14 em São Paulo, quatro no Rio de Janeiro, dois em Minas Gerais, um no Rio Grande do Sul, um em Brasília e um no Paraná.

Nas bilheterias do Ibirapuera, a venda começará nesta QUARTA-FEIRA (28.04). O horário de atendimento ao público será das 9h às 18h. No SÁBADO (01.05), dia da decisão, as bilheterias funcionarão a partir das 7 horas.

As arquibancadas custam R$ 10 (R$ 5, meia-entrada), as cadeiras superiores R$ 20 (R$ 10, meia) e as cadeiras inferiores R$ 30 (R$ 15, meia). Cada torcedor poderá comprar até seis ingressos.

Os ingressos de meia-entrada serão nominais. Por este motivo, será exigida, na entrada do ginásio do Ibirapuera, a carteira de estudante (para estudantes) e a carteira de identidade (no caso dos idosos).

Confira os pontos de venda

Saraiva Mega Store - Morumbi Shopping - SP
Av. Roque Petroni Jr, 1089 - Morumbi SP
Saraiva Mega Store - Shopping Anália Franco - SP
Av. Regente Feijó, 1739 - Nível Orquídea - Anália Franco SP
Saraiva Mega Store - Shopping Center Norte - SP
Trav Casalbuono, 120 - Vila Guilherme SP
Saraiva Mega Store - Shopping Eldorado - SP
Avenida Rebouças, 3970 - Pinheiros SP
Saraiva Mega Store - Shopping Ibirapuera - SP
Av. Ibirapuera, 3.103 SUC 145 Piso Moema - Moema SP
Saraiva Mega Store - Shopping Pátio Paulista - SP
Rua Treze de Maio, 1947 - Bela Vista SP
Saraiva Mega Store - Shopping Center Iguatemi Campinas - SP
Av. Iguatemi, 777 - Vila Brandina - 2o.Piso - Campinas - SP
Saraiva Mega Store - NorteShopping - RJ
Av. Dom Elder Camara, 5080 Loj 4503 Piso S - Pilares RJ
Saraiva Mega Store - Shopping Rio Sul - RJ
Rua Lauro Muller, 116 - Loja 301 - 3o.Piso - Botafogo RJ
FNAC Morumbi Shopping - SP
Av. Roque Petroni Jr, 1089 -Térreo - Morumbi SP
FNAC Paulista - SP
Av. Paulista, 901 - Bela Vista SP
FNAC Pinheiros - SP
Av. Pedroso de Moraes, 858 - Pinheiros SP
FNAC Campinas - SP
Av. Guilherme Campos, 500 - Loja A 017 - Santa Genebra - Campinas SP
FNAC Shopping Ribeirão Preto - SP
Av. Cel Fernando Ferreira Leite,1540 - Jd Califórnia - Ribeirão Preto SP
FNAC - Shopping Barra Sul - RS
Av. Diário de Notícias, 300 - Loja 1113 - Porto Alegre RS
FNAC Barra Shopping - RJ
Av. das Américas, 4666 lj. B101 a114 - Barra RJ
FNAC Park Shopping Barigüii - PR
Av. Prof Pedro Parigot de Souza, 600 - Loja 101 - Mossungue - Curitiba PR
FNAC Park Shopping - DF
SAI/SO Área 6580 - Park Shopping - Entrada C1 - DF
Chevrolet Hall - MG
Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - São Pedro - Belo Horizonte MG
Shopping Center Iguatemi - SP
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.232 - Piso Térreo - Jd. Paulistano SP
Posto Ipiranga Gravatinha - Santo André - SP
Av. Portugal, 1756 - Jardim Bela Vista - Santo André SP
Modern Sound - RJ
R. Barata Ribeiro, 502- lj. DF24E6 - Copacabana - RJ
Livraria Leitura Savassi - MG
Av. Cristóvão Colombo, 167 - Savassi - Belo Horizonte MG

domingo, 25 de abril de 2010

Cruzeiro x Nacional do Uruguai... quem leva a melhor?

Adversário do Cruzeiro chegou a semi-final no ano passado
Em 2008 foi eliminado nas oitavas pelo São Paulo


Na copa Libertadores do ano de 2008, o Nacional do Uruguai esteve no grupo 4 e se classificou em segundo lugar com 12 pontos. Naquele ano foram quatro vitórias e duas derrotas. O Flamengo foi o primeiro colocado com 13 pontos. Foram quatro vitórias, um empate e uma derrota. Além de Flamengo e Nacional do Uruguai, a chave contou com a participação de Cienciano e Coronel Bolognesi, ambos do Peru.

Na segunda fase daquele ano, a equipe adversária na edição da libertadores deste ano enfrentou o São Paulo. Os resultados foram um empate no Uruguai e uma vitória do São Paulo por 2 a zero no Brasil.

Já no ano passado, o Nacional se classificou em primeiro no grupo com 14 pontos. Foram quatro vitórias e dois empates.

Naquele ano, a fatídica gripe H1N1 começou a assustar a população mundial e foi aflorada no país mexicano, porém, alastrada para o mundo inteiro. Assim como a população mundial, algumas equipes futebolísticas ficaram assustadas em disputar a fase mata-mata no México. Para essas equipes não serem prejudicadas, diretores dos times São Luiz e Chivas do México concordaram em sair da disputa da competição sul americana.

Com o famoso WO, São Paulo e Nacional do Uruguai seguiram em frente na competição. Contudo, na outra fase o São Paulo foi eliminado pela equipe do Cruzeiro e o Nacional passou a outra fase ao empatar duas vezes com o time do Palmeiras. Na semi-final, a equipe uruguaia perdeu para o Estudiantes da Argentina.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Região norte mineira virou escoderijo...

ASSALTA EM CONTAGEM, MAS ACABA PRESO EM MOC


Rubens Santana

Repórter


Um fato inusitado chamou atenção na delegacia de polícia na tarde de terça-feira, 20, em Montes Claros. Embora diversas pessoas são presas diariamente na maior cidade do Norte de Minas, elas acabam praticando o roubo na própria cidade, Zona Rural e em outras ocasiões, em municípios vizinhos a Montes Claros.


Possivelmente, Keilon Adriel Fonseca Rocha, 22 anos, residente na Rua Bandeiras, Jardim Laguna na Cidade de Contagem, e o adolescente C.N.F.R., de 17 anos, residente na cidade de Claros dos Poções, acreditavam que ao praticar um assalto na cidade de Contagem, Montes Claros seria um refúgio e local ideal para revenda do material roubado. Ledo engano.


Após denúncia da comunidade, eles foram detidos por volta das 15h na Avenida Cula Mangabeira, Bairro Sagrada Família em Montes Claros.


Segundo a PM, policiais sob o comando do sargento Willian abordaram Keilon Adriel e o adolescente num Saveiro placa GSD-6954. Dentro do veículo, 14 garrafas entre Wisque, licores e energéticos, além de uma caixa contendo 22 copos foram encontradas pelos policiais militares. Dentro do carro tinha ainda dinheiro e diversas moedas, uma barra de ferro e outros objetos que a PM não informou.


Ainda de acordo com a PM, os policiais militares foram informados que Keilon juntamente com outros comparsas haviam praticado um arrombamento na casa de show Peixe Vivo em Contagem no dia 18 de abril deste ano. As informações dão conta de que eles haviam levado dinheiro, aparelhos eletrônicos e outros objetos.


Rapidamente os policiais que participaram da abordagem em Montes Claros ligaram para a vítima em Contagem que confirmou o arrombamento. O proprietário afirmou que na ocasião registrou o BO de número 1110724 na PM de Contagem.

Ao perceber que a casa caiu e que não havia saída, Keilon afirmou aos militares que realmente praticou o furto juntamente com outros comparsas conhecidos pelos apelidos de Alex, Jô, Preto e Renam, todos residentes na cidade de Contagem. O material roubado e o dinheiro haviam sido divididos em igualdades a todos os membros da quadrilha de larápios.


Ainda de acordo com os policiais que participaram da ocorrência, Keilon afirmou que havia deixado alguns produtos na residência do pai que mora na cidade de Claros dos Poções. Policiais compareceram ao local e após contato com pai de Keilon, foi permitida a entrada dos militares na residência. No local foi localizado em um dos quartos da casa duas garrafas de Wisque, uma espingarda polveira e um saco plástico com chumbo.


O veículo utilizado por Keilon foi apreendido e entregue no pátio do Ciretran. Keilon foi autuado por falta de CNH e preso. O menor foi apreendido. Ambos foram levados para delegacia de polícia juntamente com os objetos e a arma apreendida onde ficaram a disposição da justiça.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Globo se curva à garra do Montes Claros/Bonsucesso

Em noite de recorde de Lorena, Montes Claros consegue virada e avança à final
Equipe se supera e fecha a série contra o Cruzeiro. Oposto entra para a história da Superliga como maior pontuador em uma edição do torneio
Confira no site na Globo - http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Volei/0,,MUL1575352-15080,00.html Montes Claros é destaque mundial.

Para Montes Claros, bastava uma vitória em seus domínios para ter o direito de fazer a sua primeira final de Superliga. Para o oposto Lorena, eram necessários 15 pontos para fazer história na competição. Por pouco o Cruzeiro não estragou a festa. Precisava apenas de um set para isso, mas não teve tranquilidade suficiente. Com uma virada brilhante, o time da casa assegurou a vaga na decisão: 3 a 2, parciais de 20/25, 27/29, 25/23, 25/19 e 17/15.

O Montes Claros aguarda agora o vencedor da série entre Florianópolis e Pinheiros. O time catarinense lidera por 1 a 0 e pode avançar se vencer na quinta-feira, às 18h30m.

Lorena passa a ser o novo recordista de pontos em uma edição da Superliga. Ele ultrapassou a marca de Anderson, que na edição 2000/2001, defendendo a Ulbra, conseguiu 678 pontos.

- Minha mulher sempre está me ajudando. Saiu da França, mora aqui comigo, me dá a maior força. Ela faz parte também. Semifinal é semifinal. Nós lutamos. Tem discussão, tem briga, mas todo mundo é amigo. O importante é que, no fim, nossa equipe teve superação e venceu de novo. Este grupo inteiro está de parabéns - afirmou Lorena.

O Cruzeiro saiu na frente, mas não conseguiu segurar a vantagem nesta terça-feira Cruzeiro abre vantagem no início
No primeiro set, o time da casa teve pouco tempo para respirar. O Cruzeiro entrou em quadra disposto a apagar a imagem do jogo anterior. E conseguiu. A melhora na recepção permitiu a boa variação de jogadas. Os centrais e o bom saque tiveram papel importante para que a equipe conseguisse desgarrar no marcador. Do outro lado, o oposto Lorena, que precisava de 15 pontos para se transformar no maior pontuador da competição, não conseguia virar as bolas habituais. A vantagem logo chegou aos cinco pontos e, apesar da pressão da arquibancada, o Cruzeiro deu de ombros: 25/20.

Mas já não encontrou tanta facilidade no set seguinte. Mais vibrante, Montes Claros reagia. E aproveitava os erros adversários para manter o jogo equilibrado. Desequilíbrio mesmo só o de Lorena. Sem esconder a ansiedade, ele discutiu com alguns companheiros no pedido de tempo e, em seguida, fez o mesmo com o árbitro, tomando um cartão amarelo. A partir daí, o Cruzeiro conseguiu abrir dos pontos, mas desperdiçou a chance de fechar a parcial ao cometer duas falhas bobas. A vantagem mudou de lado e os erros também. Melhor para o time visitante, que fez 2 a 0 após um bloqueio de Renato Felizardo e silenciou a arquibancada: 29/27.

Em quadra, os jogadores de Montes Claros também sentiram o baque. Enquanto isso, o rival mantinha o ritmo e o foco. Não demorou muito para fazer 8/3. O time parecia caminhar para uma vitória tranquila, mas acabou sendo surpreendido por Montes Claros, que passou a frente (18/17) e fechou em 25/23.

O que parecia impossível aconteceu. A equipe da casa conseguiu dominar o nervosismo e o adversário no quarto set. O Cruzeiro bobeava e já não tinha um saque eficiente. Montes Claros se distanciava e não precisou olhar mais para trás: 25/19.

Mesmo pressionado pela necessidade da vitória, o Cruzeiro não se deixou abater. Saiu atrás no tie-break, fez quatro pontos seguidos e mostrou que estava vivo no jogo. Mas voltou a cometer erros de saque e no ataque. E ainda perdeu Wallace, que sofreu uma luxação em um dos dedos da mão direita num bloqueio. Não conseguiu impedir que Lorena chegasse ao seu 15º ponto e superasse a marca de Anderson. Não conseguiu impedir que o novo recordista assegurasse a vitória de virada.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Confira os detalhes da vitória do Montes Claros/Bonsucesso...
























Montes Claros/Bonsucesso na final da super-liga 09/10

Montes Claros/Bonsucesso é o primeiro finalista

Jogo da superação. Depois de duas horas e trinta e nove minutos, o Montes Claros/Bonsucesso garantiu a primeira vaga na final da super-liga de vôlei 09/10 numa virada sensacional.

A equipe norte mineira perdia de dois sets a zero quando mais de 10 mil pessoas no ginásio Tancredo Neves resolveram empurrar o time montes-clarense que não se achava em quadra. O primeiro set a equipe do Sada/Cruzeiro venceu fácil por 25 a 20.

No segundo set, a equipe de Montes Claros esboçou uma reação, mas perdeu de 29 a 27. Com um pouco de concentração a equipe do esquilão voltou para quadra para disputar um set que o manteria na disputa e evitar um terceiro confronto na cidade de Itabira.

A equipe do Montes Claros/Bonsucesso venceu levando sufoco com o placar de 25 a 19. No quarto set, foi mais fácil e o time de Montes Claros venceu de 25 a 19. Com mais confiança e um barulho ensurdecedor no ginásio, a torcida do Montes Claros mais uma vez foi o sétimo jogador e ajudou a equipe norte mineira a vencer também no sufoco de 17 a 15.

A equipe estreante na super-liga 09/10 aguarda de camarote o adversário que sai do confronto entre Cimed/Florianópolis e Pinheiros/Ski.

O JOGO

O saque foi o fundamento primordial na vitória do Sada Cruzeiro no set inicial. Já o Bonsucesso/Montes Claros cometeu erros no serviço, passe e no ataque. O Sada Cruzeiro chegou aos dois tempos técnicos: 8/6 e 16/11. A vantagem da equipe comandada pelo argentino Marcelo Mendez chegou a ser maior: 23/17 e 24/18. Em um contra-ataque, Wallace fechou o set: 25/20 para o Sada Cruzeiro.

Ao contrário do set anterior, o Bonsucesso/Montes Claros saiu na frente na segunda parcial: 3/1, e chegou no primeiro tempo técnico também em vantagem, fazendo 8/7. O saque do Sada Cruzeiro voltou a dificultar a recepç!ão do time da casa, que ainda assim fez 16/15 na segunda parada. O bloqueio do Sada Cruzeiro também marcou com precisão as jogadas do adversário, especialmente, pelo meio de rede. No final do set, as duas equipes mostraram equilíbrio, mas foi em um bloqueio de Renato Felizardo que o Sada Cruzeiro chegou à vitória por 29/27.

No terceiro set, o Sada Cruzeiro abriu 6/2 e 8/3, com erros de ataque e de recepção do Bonsucesso/Montes Claros. Mas empurrada por sua torcida, que lotou o ginásio Tancredo Neves, a equipe da casa buscou cada ponto. Lorena encaixou uma passagem de saque e contribuiu para o Bonsucesso/Montes Claros vencer o set por 25/23. O último ponto veio em um erro de saque do Sada Cruzeiro.

O Bonsucesso/Montes Claros melhorou a recepção no quarto set e isso contribuiu para a vitória da equipe. O central Acácio foi o principal jogador na reação do time. O set permaneceu igual até o 14º ponto. A partir daí, o bloqueio do Bonsucesso/Montes Claros funcionou. Lorena fez o ponto da vitória: 25/19.

No início do quinto set, o Bonsucesso/Montes Claros fez 2/1, mas o Sada Cruzeiro passou à frente ao marcar quatro pontos consecutivos. O lance mais delicado do set envolveu Wallace, do Sada Cruzeiro. Ao tentar bloquear o ataque adversário, Wallace deslocou um dos dedos da mào direita. O jogador foi levado para o vestiário e Samuel entrou em seu lugar. O Bonsucesso/Montes Claros vencia por 10/9.

A saída de Wallace deu forças aos seus companheiros de equipe, que passaram à frente no placar, fazendo 12/10 e 13/11. O time da casa, porém, reagiu e chegou ao empate. Bruno Zanuto colocou o Sada Cruzeiro novamente em vantagem: 14/13. Lorena marcou 15/14 e Renato Felizardo empatou para o Sada Cruzeiro. Piá e Lorena selaram a vitória do Bonsucesso/Montes Claros por 17/15.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

CORTEJO FÚNEBRE DOS MATADORES DO TRÁFICO ELEVA PARA 36 O NÚMERO DE ASSASSINATOS

Tráfico de drogas continua travando uma guerra pela disputa dos pontos de vendas

RUBENS SANTANA
Repórter

Possivelmente, a guerrilha imperada pelos sucessores de Ninha e Marlboro, traficantes rivais presos numa penitenciaria de segurança máxima em Catanduvas/PR, para disputar quem comanda o tráfico na maior cidade do Norte de Minas resultou em mais duas mortes elevando o número para 36 somente nos quatro primeiros meses deste ano.

Desta vez o cortejo fúnebre assustou moradores da pacata Rua L, no Bairro Delfino Magalhães, região leste de Montes Claros, na noite de terça-feira, 13.

Segundo a PM, testemunhas ouviram barulhos de motos parando no local e minutos depois uma saraivada de balas ecoou pela vizinhança que ficou aterrorizada. Ao menos três matadores fugiram nas três motos.

Na casa, sobre uma grande poça de sangue, estavam os corpos dos desempregados Daniel Robson Moura, 20 anos, e Adélio Ribeiro Gomes, 18. Daniel e Adélio moravam nos Bairros Conferencia Cristo Rei e Maria Cândida respectivamente.

Eles não conseguiram salvar a boca e a parte da guerrilha perdida pode não soar bem aos ouvidos de um dos dois traficantes presos no Estado do Paraná e, consequentemente, a guerra na cidade será mantida e mais soldados do tráfico podem morrer. Daniel já havia sido preso seis vezes e Adélio uma vez.

Ainda de acordo com a PM, Próximo à entrada da casa, foi visto grande quantidade de cápsulas deflagradas de vários calibres, com muitas perfurações nas paredes, portas, cozinha e no quintal.
Além da duas vítimas que perderam a guerrilha, João Wanderson Pereira Silva, 25 anos, o João Bomba, residente no Bairro Doutor João Alves, também foi ferido pelos tiros.

Ele foi alvejado nos braços e peitos. Uma equipe do Samu socorreu a vítima para o pronto-socorro da Santa Casa onde foi encaminhado para o bloco cirúrgico.

Segundo a PM, foi constatado no sistema da polícia militar que em Nome de João Bomba havia um mandado de prisão com validade até o dia 11 de março de 2030.

Foram encontradas num cômodo da casa drogas embaladas prontas para serem comercializadas e a quantia de R$2.904,90 em dinheiro e uma aliança de ouro.

A perícia compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, recolhendo os seguintes objetos: cinco cápsulas calibre 380, 10 cápsulas de calibre 9mm, 18 cápsulas calibre ponto 40, seis cápsulas calibre ponto 45 e uma arma que estava na sala.

A equipe do Gipv Grupo integrado de proteção à vida realizou levantamentos e acompanhou a ocorrência. João Bomba permaneceu sob escolta na Santa Casa e não informou quem foi os autores dos disparos. O caso está sendo investigado.

terça-feira, 13 de abril de 2010

ASSASSINATOS PODEM ULTRAPASSAR NÚMEROS DO ANO ANTERIOR

CORTEJO FÚNEBRE CAMINHA A PASSOS LARGOS PARA ULTRAPASSAR O NÚMERO DO ANO PASSADO


Com uma média mensal de 8,5 assassinatos, as autoridades de segurança pública já precisam articular meios para interromper o crescente e assustador número de mortes em Montes Claros, quase todas ligadas ao submundo do tráfico de drogas na cidade.


Até o momento, 34 pessoas já foram mortas e, se a média se mantiver, o recorde na cidade também será batido. Em 2008, ano para ser esquecido, disputas com o intento de controlar o tráfico de drogas na cidade resultaram em 94 mortes. O maior número já registrado na história da cidade.


Medidas drásticas para reprimir este crescente número de homicídios precisam ser desenvolvidas pelas autoridades de segurança na cidade.

Até o dia 20 de maio do ano passado, a PM registrava o galopante número de 30 mortes na cidade. Ainda estamos em abril e já são 34 mortes registradas.

CORTEJO FÚNEBRE DOS MATADORES DO TRÁFICO PROSSEGUE NA REGIÃO DO GRANDE MAJOR PRATES

Rubens Santana
Repórter

Matadores a serviço de traficantes continuam espalhando o terror na maior cidade do Norte de Minas e, durante o fim de semana, deram prosseguimento ao cortejo fúnebre causado por dívidas e disputas por pontos de venda de drogas. Na região do grande Major Prates, região Sul de Montes Claros, os matadores voltaram à tona e assassinaram mais duas pessoas, uma delas um adolescente de 16 anos.

Cada vez mais precoces no submundo do tráfico de drogas, adolescentes têm sido vítimas do crescente número de homicídios na cidade. Quando entram em dívidas com traficantes ou pretendem ocupar o cargo de gerente, eles são abatidos em disputas, sobretudo em bairros periféricos da cidade.

Aumentando essa estatística, Aurelino Ruam Oliveira, 16 anos, com duas passagens pelos meios policiais, foi mais uma vítima dos matadores a serviço de traficantes. Segundo a PM, Aurelino estava num campo de futebol localizado no Bairro Augusta Mota quando foi surpreendido por dois homens numa moto. Ambos atiraram diversas vezes contra o menor. Ele foi atingido na cabeça e na barriga e morreu na hora. Aurelino morava no Bairro Major Prates. Este foi o quinto homicídio no mês. Aurelino é a 33ª vítima do crescente número de assassinatos que caminha para ultrapassar os números do ano passado.


34ª MORTE: ESTAVA COM UMA PEDRA DE CRACK NA MÃO
A segunda vítima dos matadores a serviço de traficantes no fim de semana aconteceu na madrugada de domingo, 11, no Beco F, Bairro Chiquinho Guimarães, onde, segundo a PM, o desempregado Douglas Christian Rodrigues da Silva, 22 anos, quando passava pelo local, levou quatro tiros.

Testemunhas contaram aos policiais que, por volta de 01h50, ouviram três tiros e ao saírem de suas casas encontraram Douglas Christian gemendo no chão. A equipe do Samu constatou a morte de Douglas no local.

A mãe da vítima afirmou à PM que Douglas havia comentado que precisava resgatar uma camisa que havia penhorado numa boca de fumo e que, minutos antes do crime, vizinhos contaram para ela que seu filho teria saído da casa com uma pessoa desconhecida.

O perito encontrou uma pedra de crack na mão da vítima e duas cápsulas calibre 380 ao lado do corpo. Douglas morava na Rua Sete do Bairro Chiquinho Guimarães. Com mais essa morte, o número de homicídios na cidade já chega a 34, o sexto no mês.

Vítima estava sendo ameaçada

Vítima já tinha sido baleada em BH e estava sendo ameaçada por traficantes



A reportagem de JORNALISMO MONTES CLAROS esteve no Bairro Chiquinho Guimarães na manhã de domingo, 11, e conversou com uma testemunha que mora próximo ao local onde o corpo foi encontrado. Ela afirmou que era amiga de infância de Douglas Christian e que frequentemente conversava com ele pedindo para que abandonasse o mundo das drogas.


- Sempre conversei com ele para sair desse mundo. Ele chegou ao ponto de isolar todo barracão onde mora para que a fumaça da droga fosse totalmente inalada somente por ele para conseguir um efeito maior - disse.

Segundo a testemunha, há cerca de seis meses, devido a constantes dívidas com traficantes no local, Douglas estava sendo ameaçado de morte no local. A saída paliativa encontrada pela família para evitar a morte do adolescente foi mandá-lo para a capital mineira, onde ele estava trabalhando de servente de pedreiro e aparentemente estava conseguindo ficar livre da pedra que destrói milhares de famílias brasileiras.

Contudo, a testemunha observa que possivelmente ele continuava a usar a pedra, pois, há cerca de seis meses, Douglas foi surpreendido por bandidos num carro em BH. Os ocupantes colocaram Douglas no carro e atiraram diversas vezes contra ele, que se fingiu de morto, sempre segundo a testemunha.


- Douglas me contou que se fingiu de morto para sobreviver. Lembro que ele me falou que ouviu toda a conversa dos matadores, até que um falou assim: ele tá morto. Vamos embora. Mas um outro bandido observou: para não deixar dúvida. E atirou na cabeça de Douglinhas - diz.

Ele ainda conseguiu andar até um posto de combustíveis, onde pediu socorro. Depois de socorrido por uma equipe do Samu, Douglas foi transferido para Montes Claros, onde continuou o tratamento, porém, com as balas ainda na cabeça.

- Quando a gente conversava aqui, eu pegava na cabeça dele e sentia as balas dentro – afirma a testemunha.


Ela conta ainda que a mãe de Douglinhas semanalmente pagava a dívida do filho aos traficantes, porém, estes sempre ameaçavam de morte o filho, que frequentemente pegava drogas.


- A mãe dele fazia de tudo para conseguir pagar as dívidas. Mesmo com essa doença que assola muitas famílias de Monte Claros, ela queria ver o filho longe das drogas. Faltam políticas públicas para evitar que outras famílias passem pelo sofrimento desta mãe - conclui.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

NO 32º ASSASSINATO, MATADOR ABUSA SEXUALMENTE DE MULHER DEPOIS DE MORTA

Violação de cadáver, abuso sexual e assassinato

Rubens Santana
repórter

Com possíveis requintes de abuso sexual depois de morta, este foi o 32º homicídio registrado pelas autoridades de segurança pública na maior cidade do Norte de Minas. Na manhã de ontem (quarta-feira), a PM foi acionada a comparecer a Rua A, Vila Marciano Simões, região norte de Montes Claros.

Denúncia anônima dava conta de que, Farley Barbosa de Jesus, 25 anos, com várias passagens pelos meios policiais, teria abordado Adriele Santana Alves por volta das 06h na frente de um lote.

De acordo com a PM, na entrada do loteamento, Farley teria matado a vítima e arrastado para os fundos do local onde possivelmente a estuprou.

Policiais militares afirmaram que encontraram o matador ao lado do corpo da vítima, nu e sujo de sangue. No local, ainda estavam a pedra usada para matar a vítima e várias peças de roupas estavam ao lado do corpo.

Uma moradora, que não quis se identificar, conta que ouviu pedidos de socorro. Farley foi levado para a delegacia e deve ser indiciado por homicídio e estupro. Parentes da vítima estiveram no local para reconhecer o corpo, mas não quiseram falar com a reportagem.

DÍVIDA COM O TRÁFICO FAZ MAIS UMA VÍTIMA

Adolescente mata vizinho por dívida de entorpecente



Rubens Santana
Repórter

Para mostrar que quem manda no pedaço e que dívidas com o tráfico seriam pagas com a vida, o adolescente W.R.F., de 17 anos, matou o usuário de drogas de drogas Edmar Ramos da Silva, 22 anos, na tarde de terça-feira, 06, próximo a sua residência localizada na Rua José Brant Maia, conjunto Habitacional Clarice Ataíde.

Edmar saía de casa quando foi atingido por vários tiros. Com mais esse assassinato e mais de 300 mortes nos últimos três anos, já não é mais surpresa dizer que o tráfico de drogas em Montes Claros fez mais uma vítima.

Segundo a PM, o autor do crime foi identificado por testemunhas. W.R.S. é vizinho da vítima. Em depoimento a polícia, testemunhas contaram que Edmar Ramos devia drogas ao adolescente, que segundo os moradores próximos ao local, W.R. é considerado matador do tráfico na região.
Ainda segundo a PM, o adolescente é suspeito de dois homicídios registrados no Bairro Village do Lago.

Na tarde de terça-feira, 06, o adolescente estava escondido numa casa pertencente à mãe do adolescente no mesmo bairro. A arma do crime não foi encontrada. Frio e calculista, na delegacia, o suspeito negou, mesmo tendo sido reconhecido por testemunhas. Ele é acusado de aterrorizar moradores da região por causa da disputa pelo controle do tráfico de drogas. Detido ainda em flagrante, ele foi encaminhado a delegacia de polícia civil onde foi ouvido pelo delegado de plantão Marco Anderson. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML para ser necropsiado.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

BORRACHEIRO REAGE A ASSALTO E É MORTO A TIROS NUM BAR NO MARACANÃ

Primeiro homicídio do mês; 29º no ano

No primeiro assassinato do mês de abril, o 29º do ano, os matadores a serviços de traficantes do submundo das drogas deram lugares para dois ladrões inescrupulosos que não mediram esforços para atirar no borracheiro Crispim Gomes Maciel.

Crispim estava num bar no Bairro Maracanã, região sul de Montes Claros, na noite de sábado, 03. Segundo a PM, dois bandidos renderam o borracheiro e exigiram a chave da moto. Há informações que Crispim teria negado dar a chave e reagido ao assalto.

Um dos bandidos armados com um revólver atirou duas vezes. Um dos tiros acertou o borracheiro no peito que não resistiu e morreu no local. Os dois bandidos fugiram sem levar nada. No ano já são 29 homicídios em Montes Claros.

VIAJAVA DE ÔNIBUS COM DROGA NA VAGINA PRA REVENDER EM MIRABELA

VIAGEM INTERROMPIDA


Ana Paula Alves levava 40 pedras de crack dentro da vagina para revender em Mirabela, mas denúncia anônima evitou o prosseguimento da viagem.

Crack e cocaína que Ana Paula levava dentro da vagina.

Rubens Santana

Repórter


Uma mulher transportava drogas na vagina e foi presa em flagrante por tráfico de drogas na noite de sexta-feira, 02, no posto de patrulhamento rodoviário na cidade de Mirabela.

Nos últimos meses, criatividades são inventadas por traficantes, gerentes e soldados para burlar a fiscalização da PM, contudo, a população vem contribuindo de forma significante em diversas prisões a apreensões de drogas.

Ana Paula Alves da Silva, 20 anos, acreditava que conseguiria êxito em mais uma invenção para levar drogas até a cidade de Mirabela onde atua como abastecedora do mercado do submundo das drogas.

Ana Paula esteve em Montes Claros e comprou crack e cocaína. Ela pegou o ônibus da linha 3921 – Montes Claros/Ubaí da empresa Transnorte e pretendia parar na cidade de Mirabela, mas não contava que denúncia da comunidade, iria impedi-la de continuar no mercado informal do tráfico de drogas.

Segundo a PM, por volta das 21h, uma denúncia dava conta de que, uma mulher em viagem esteve em Montes Claros onde comprou droga para revendê-la na cidade de Mirabela.

A equipe de patrulhamento militar rodoviário de Mirabela abordou os ocupantes do ônibus no qual estava a suspeita.

Durante a abordagem foi identificada a suspeita que foi submetida a busca pessoal por uma testemunha do sexo feminino.

Foi encontrado um embrulho plástico dentro da vagina de Ana Paula contendo 40 pedras de crack e três embrulhos contendo cocaína.

Ana Paula Alves da Silva, afirmou aos policiais militares que adquiriu a droga e Montes Claros e que a comercializaria em Mirabela.

Ela foi evada para delegacia de polícia de Mirabela onde ficou a disposição da justiça.

Há informações de uma fonte na PM, que casos como este, em que, quem compra a droga para revender em outras cidades, devido estarem em dívidas com traficantes, estes acabam caguetando o iniciante à PM para pagar a dívida na cadeia.

Além disto, delatar o pretendente, com a prisão de quem almeja entrar para o submundo do tráfico de drogas, não vire concorrente direto dos traficantes na venda de drogas.

sábado, 3 de abril de 2010

DEFINIDO O MATA-MATA DA SUPERLIGA 2009/2010

Ficou definido os confrontos dos playoffs da superliga nacional de vôlei 2009/2010.
Com uma vitória fácil frente ao Vôlei Futuro de Araçatuba por três sets a zero, o Montes Claros/Bonsucesso garantiu a terceira posição na fase d classificação e enfrenta nos playoffs a equipe do Vôlei Futuro da cidade de São Bernardo do Campo.
Nas quartas de final, os cruzamentos são os seguintes: 1º x 8º colocados, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º, em playoffs melhor de três jogos.
Os confrontos são:

Cimed/Malwee X Fatima/Medquimica/Ucs
Sada Cruzeiro X Minas/Vivo
Montes Claros/Bonsucesso X Brasil Volei/São Bernardo
Sesi-SP X Pinheiros/Sky

No primeiro turno, a equipe norte mineira venceu a equipe paulistana por três sets a um em jogo válido pela sexta rodada do primeiro turno no dia 19 de dezembro em Montes Claros. O Montes Claros venceu com parciais de 25 x 22, 25 x 18, 21 x 25 e 25 x 18.
Dois meses depois a equipe do ABC Paulista devolveu o mesmo placar com parciais de: 22 x 25, 25 x 20, 25 x 22 e 25 x 19.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

MONTES CLAROS/BONSUCESSO VENCE LUPO/NÁUTICO

O Montes Claros/Bonsucesso não teve trabalho pra vencer o Lupo/Náutico de Araraquara e, em 01:12 minutos venceu o jogo com parciais de 25 x 20, 25 x 14, e 25 x 19. No sábado, 02, a equipe norte mineira enfrenta a partir das 11h a equipe do Vôlei Futuro pela última rodada da do returno. Se ganhar, passa a ser o terceiro colocado. Nos playoffs, o adversário pode ser a equipe do Brasil/Vôlei da cidade de São Bernardo do Campo.

Diogo foi o segundo melhor pontuador do jogo com 11 pontos.

Cleibe e companhia sempre presente com as perucas.
Wilton (pequeno) sempre presente nos jogos do Montes Claros/Bonsucesso. Todos os jogos a preseça dele é garantida.
Cleverson (Da creche) também sempre presente nos jogos do Montes Claros Bonsucesso.



SUA EMPREGADA ENTENDE A LÍNGUA INGLESA???

video